Adaptações: CORUJA

As corujas são aves de rapina da ordem dos Strigiformes, conhecidas pelos hábitos noturnos de várias de suas espécies e pela sua anatomia singular.

Caçadoras sofisticadas, foram agraciadas pela evolução com um verdadeiro arsenal de armas naturais que as tornam predadores temíveis de outras aves, répteis, anfíbios, mamíferos (como roedores, coelhos e morcegos), peixes e invertebrados. Ou seja, praticamente qualquer pequeno animal que der o azar de topar com uma delas. Muitas espécies são territoriais, defendendo a si próprias e aos seus ninhos com grande ferocidade, atacando inclusive humanos quando se sentem ameaçadas.

Embora a maioria das espécies seja ativa à noite (com uma extraordinária capacidade de caçar na escuridão), algumas são crepusculares e até diurnas. As mais de 220 espécies de corujas vivem em praticamente todos os ambientes do planeta (com algumas exceções, como o continente antártico).

Alguns fósseis de estrigiformes já foram encontrados, indicando que as corujas estão por aí pelo menos desde o Paleoceno (66 a 56 milhões de anos atrás).

Veja tambÉm...

12 respostas

  1. Pohha dahora ! Aqui perto da minha casa tem um casal ,são até simpáticos, eu viajo no comportamento deles…

  2. Perto de casa, tem uma que fica sempre no mesmo lugar, quando passo por lá com meu cão de pequeno porte, ela executa vôos rasantes, com a clara intenção de ataque, hoje mesmo observei o que parecia ser um ninho, pois haviam cerca de 4 outros animais de menor porte, imagem fabulosa.

Deixe uma resposta para Anderson Oliveira Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

PAPO DE PRIMATA precisa ter certeza de que você não é um robô! Por favor, responda à pergunta abaixo: * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>