Dialtica

Bolsonaro: patrões podem pagar menos às mulheres porque elas engravidam!

Em uma das entrevistas mais surreais e sexistas já vistas, o deputado federal Jair Bolsonaro (PP-RJ), ao explicar porque disse que a também deputada federal Maria do Rosário (PT-RS) não “merecia ser estuprada”, explicou ao Jornal Zero Hora porque acha justo o empresário brasileiro pagar menores salários às mulheres.

“Eu sou liberal. Defendo a propriedade privada. Se você tem um comércio que emprega 30 pessoas, eu não posso obrigá-lo a empregar 15 mulheres. A mulher luta muito por direitos iguais, legal, tudo bem. Mas eu tenho pena do empresário no Brasil, porque é uma desgraça você ser patrão no nosso país, com tantos direitos trabalhistas. Entre um homem e uma mulher jovem, o que o empresário pensa? “Poxa, essa mulher tá com aliança no dedo, daqui a pouco engravida, seis meses de licença-maternidade…” Bonito pra c…, pra c…! Quem que vai pagar a conta? O empregador. No final, ele abate no INSS, mas quebrou o ritmo de trabalho. Quando ela voltar, vai ter mais um mês de férias, ou seja, ela trabalhou cinco meses em um ano.
Por isso que o cara paga menos para a mulher! É muito fácil eu, que sou empregado, falar que é injusto, que tem que pagar salário igual. Só que o cara que está produzindo, com todos os encargos trabalhistas, perde produtividade. O produto dele vai ser posto mais caro na rua, ele vai ser quebrado pelo cara da esquina. Eu sou um liberal, se eu quero empregar você na minha empresa ganhando R$ 2 mil por mês e a Dona Maria ganhando R$ 1,5 mil, se a Dona Maria não quiser ganhar isso, que procure outro emprego! O patrão sou eu.”

O que mais assusta não é apenas a posição radical e tresloucada do deputado. Nem mesmo os votos que recebeu daqueles que concordam integralmente com suas opiniões – afinal, não se pode esperar muito mesmo de mentecaptos. O que realmente apavora é a enorme quantidade de pessoas aparentemente mais moderadas que dizem aceitar o radicalismo de Bolsonaro porque “ele tem razão em muita coisa“.


Entrevista completa:
http://zh.clicrbs.com.br/rs/noticias/noticia/2014/12/bolsonaro-diz-que-nao-teme-processos-e-faz-nova-ofensa-nao-merece-ser-estuprada-porque-e-muito-feia-4660531.html

Audio do deputado explicando porque mulheres podem receber menos que os homens:

 

Este texto, como os das demais colunas opinativas do portal, é de responsabilidade do autor e não reflete necessariamente o ponto de vista dos demais colunistas ou do papodeprimata.com.br.


David Ayrolla

David Ayrolla

David Ayrolla é carioca, mas tem dúvidas se nasceu no planeta certo. Cético até a medula, vê na ciência e na filosofia as melhores ferramentas para a compreensão do universo. Vlogger do canal PAPO DE PRIMATA, tem como principais hobbies cinema, literatura e discussões acaloradas com os amigos (de preferência, regadas a cerveja bem gelada).

Veja tambÉm...

193 respostas

  1. Henrique disse:

    Chega dar dó desses colunistas que ficam bostejando através do teclado contra o Bolsonaro. Pelo visto não tem capacidade de viverem em um país democrático, já que só aceitam as próprias opiniões…

    • Leonardo disse:

      Chega a dar dó desses comentaristas que ficam bostejando através do teclado à favor do Bolsonaro. Pelo visto não tem capacidade de estudar sobre a palavra RESPEITO e EMPATIA, e acham que democracia e liberdade de expressão é poder incitar ódio, preconceito e mentiras às minorias sociais…

      • Thiago disse:

        XEQUE MATE!

        • A verdade, a realidade incomoda a esquerda. Voces cagam ideologias, defendem e lutam por interesses proprios, ou no caso recente, de minorias, atacam com a politicagem miseravel varias minorias, formando um bolo fecal gigante.
          Direito para gay, lersbicas, negros, mulheres, bandidos, etc… mas se esquecem que perante a lei, todos sao iguais. é direito constitucional. Mas esta tudo bem, se a esquerda estiver no poder.

          Desde quando me iniciei no voto, sempre votei em PT, aconselhado por meu pai. Porem, ao acompanhar a historia
          torta dos comunistas e ainda mais presenciar essa ‘benfeitoria’ que estao fazendo no brasil ha 12 anos, eu simplesmente nao voto mais no PT.

          Sigo meu patriotismo, que por hora aponta a direita como o melhor caminho.
          Nao siga partidos, nao se deturpe pelo vermelho. É isso que eles esperam de você.
          Propondo o medo!

          • Cauê B. disse:

            Você não está sozinho, meu caro amigo. Muita gente anda abrindo o olho pra censura velada e estatismo malandro e desmedido da esquerda por aqui.

          • Eu disse:

            “Voces cagam ideologias”

            E vocês não?

          • Isaac Guerreiro disse:

            Rapaz PT nunca foi um partido comunista e sim de trabalhadores querendo seus direitos… Aliás no Brasil só há partidos comunistas na nomenclatura…

          • Renato disse:

            Parabéns Roberto Menezes. Faço de suas palavras as minhas.

          • sanny disse:

            tenho pena do seu pai. é por isso q tanta gente tem medo de adotar.

          • Jéssica disse:

            Todos são iguais perante a Constituição, sim. Mas a realidade social é outra, meu caro. E justamente pela CF estabelecer como diretriz a igualdade é que existe a política sócio-afirmativa: tratar o desigual com desigualdade para tentar igualá-lo aos outros. Se por um lado existe a livre concorrência e quem assume o risco do negócio é o empresário, por outro existe a discriminação, q vc, como homem, provalmente caucasiano e hétero NÃO sofre. É muito fácil falar qdo vc se encontra do outro lado da moeda.

          • Flavio disse:

            Fala meu caro. Com todo o respeito, o PT desmoralizou a esquerda no país, rabo preso e atraso no que seriam questões primordiais para a esquerda. Em tempo, os comunistas estão quase sempre do lado esquerdo, mas não são a definição do esquerdismo. Ser de esquerda é estar atento à exploração indiscriminada de recursos humanos e naturais por parte de pessoas e grupos poderosos que têm a “tradição” e a propriedade como valores maiores do que os direitos básicos dos seres ao seu redor. O direitismo fiel e de identificação plena ignora totalmente o outro indivíduo. Se o PIB do país é o maior do mundo mas está nas mãos apenas dos seus 6 amigos já atingimos a meta e está tudo certo. Quando o Bolsonaro defende o ponto de vista do patrão ele está certo, para o patrão, mas condena a mulher a culpar-se por ter filhor e receber menos por isso. É pura questão de privilégio que, no caso dele, aponta pro lado do empresáriado, do capital, das oligarquias e dos exploradores em potencial.

          • Beto disse:

            Engraçado você dizer que são todos iguais e discordar dos direitos das minorias… Então se o cara é gay não tem direito de casar. Muito “igual” esse mundo que você prega… Retard detected

        • Ricardo disse:

          Mais que perfeito seu comentário Beto.

      • Alicia disse:

        Maravilhosa essa resposta!

      • Thiago Lana disse:

        Mas diz ae Leonardo , quando ele falou isso? pra mim tiraram da bunda

      • Anarquismo Sensato disse:

        Excelente resposta. Este é um dos principais problemas atuais do país, o “extremismo”. O indivíduo acima, tem o direito de gostar do Bolsonaro e até criticar quem não o defende, infelizmente — digo eu, neste caso — é um direito dele. No entanto, o extremismo tem intrinsecamente em sua essência, a “cegueira”. O cara justifica o déficit dos empreendedores da iniciativa privada, desrespeitando uma questão de direito universal , que é a equalização dos sexos no mercado de trabalho. O problema é a máquina no entorno da iniciativa privada e não a mulher. Vá brigar contra o governo e pedir minorias e não contra a mulher. Amigo, acabei de fazer um Facebook, “Diogenes De Sinope”, o único no Brasil até o momento — suponho. Estou com vontade abrir um grupo para discussões mais densas, um grupo de pessoas moderadas e não dos perfis “Anti-Petralha”,ou, “Anti-coxinha”. Precisamos também de um espaço isolado, para debates construtivos. O que acha da ideia ?

      • Anarquismo Sensato disse:

        Excelente resposta. Este é um dos principais problemas atuais do país, o “extremismo”. O indivíduo acima, tem o direito de gostar do Bolsonaro e até criticar quem não o defende, infelizmente — digo eu, neste caso — é um direito dele. No entanto, o extremismo tem intrinsecamente em sua essência, a “cegueira”. O cara justifica o déficit dos empreendedores da iniciativa privada, desrespeitando uma questão de direito universal , que é a equalização dos sexos no mercado de trabalho. O problema é a máquina no entorno da iniciativa privada e não a mulher. Vá brigar contra o governo e pedir minorias e não contra a mulher. Amigo, acabei de fazer um Facebook, “Diogenes De Sinope”, o único no Brasil até o momento — suponho. Estou com vontade abrir um grupo para discussões mais densas, um grupo de pessoas moderadas e não dos perfis “Anti-Petralha”,ou, “Anti-coxinha”. Precisamos também de um espaço isolado, para debates construtivos. O que acha da ideia ?

        • primata disse:

          Os anarquistas devem estar envergonhados de tanta besteira q vc disse. Coitado.

        • A VERDADE disse:

          o Bolsonaro não diminuiu a mulher, ele só explicou como funciona a cabeça de um empresario que quer ter lucros e tem que perder dinheiro pois o estado alem de obrigar o empresario a pagar a mulher durante um período ausente de não produção ainda por cima o estado não ajuda em nada e o empresario acaba pagando o pato. Culpa do estado, então para não sofrer com um funcionário que tem chance de não produzir por 7 meses , o empresario acaba por decidir não contratar uma mulher.

          A mulher acaba por achar que a sociedade e machista, pq (ela/ele) não tem educação o suficiente para entender fatos econômicos pocha.

          outro fato e pobre ter raiva de empresario só que o empresario já foi pobre, alem de que sem empresa não a trabalho e sem trabalho como o pobre espera vencer na vida ?, fora que quanto mais empresas vendem um produto mais a concorrência aumenta fazendo com que o preço do produto caia significativamente assim o produto fica mais barato ou seja ter empresários num pais e uma verdadeira maravilha ,pois gera emprego e melhor organização de valores.

      • Voz da Verdade disse:

        FALOU TUDO HAHAHAHA

        Só gente burra segue esse Jair Bostanaro. O cara faz um teatro, se fazendo de vítima, perseguido e o povo retardado acha legal e acaba apoiando um lixo desses. A verdade é que não da pra ter paciência com quem luta CONTRA direitos IGUALITÁRIOS, uma pessoa dessas no mínimo deveria perder o cargo político, lugar de gente assim é no olho na rua.

        Não se mistura POLÍTICA COM RELIGIÃO, e Jair Bostanaro faz política com RELIGIÃO.

        • Plebe disse:

          Voce é um coitado! Fala muita merda…

        • primata disse:

          Quanta bobagem.

        • serio disse:

          Bolsomito2018!. o Bolsomito não diminuiu a mulher, ele só explicou como funcionário a cabeça de um empresario que quer ter lucros e tem que perder dinheiro pois o estado alem de obrigar o funcionário a pagar a mulher durante um período ausente de não produção ainda por cima o estado não ajuda em nada e o empresario acaba pagando o pato. Culpa do estado, então para não sofrer com um funcionário que tem chance de não produzir por 7 meses , o empresario acaba por decidir não contratar uma mulher.

          A mulher acaba por achar que a sociedade e machista, pq (ela/ele) não tem educação o suficiente para entender fatos econômicos pocha.

        • serio disse:

          Bolsomito2018!. o Bolsomito não diminuiu a mulher, ele só explicou como funciona a cabeça de um empresario que quer ter lucros e tem que perder dinheiro pois o estado alem de obrigar o empresario a pagar a mulher durante um período ausente de não produção ainda por cima o estado não ajuda em nada e o empresario acaba pagando o pato. Culpa do estado, então para não sofrer com um funcionário que tem chance de não produzir por 7 meses , o empresario acaba por decidir não contratar uma mulher.

          A mulher acaba por achar que a sociedade e machista, pq (ela/ele) não tem educação o suficiente para entender fatos econômicos pocha.

          outro fato e pobre ter raiva de empresario só que o empresario já foi pobre, alem de que sem empresa não a trabalho e sem trabalho como o pobre espera vencer na vida ?, fora que quanto mais empresas vendem um produto mais a concorrência aumenta fazendo com que o preço do produto caia significativamente assim o produto fica mais barato ou seja ter empresários num pais e uma verdadeira maravilha ,pois gera emprego e melhor organização de valores.

      • macho alfa disse:

        Não falou nenhuma mentira o bolsonaro, na visão de um “patrão” é isso mesmo. As mulheres querem ter os mesmos direitos mais se esquecem quensao diferente de homens.

    • AJ disse:

      Sim Henrique, no país aonde todo babaca gosta de posar de rei da moral e dos bons costumes, tentar ensinar a população coisas básicas de democracia como liberdade de expressão e liberdade de congregação, é tão difícil quanto tentar fazer um jegue escalar uma árvore.
      Esse povinho ridículo que compõem a maioria do pior são piores do que nazistas, e merecem todo esse governo corrupto , ladrão e oportunista. Merecem muito mais aliás, e vão ter.

    • Der Gleichrichter disse:

      Ainda que não apoie o bolsonaro, concordo com vc. Atualmente nós perdemos o direito de falar o que não é politicamente correto. Aliás, tem havido uma inversão de valores de forma geral. Maconha, dar o cu, roubar etc pode! o que é considerado correto, não pode! O cidadão aí fala de empatia e respeito, mas ironiza o comentário do colega acima, demonstrando que trate-se somente do reflexo da idiotia que ele reprova. Posso dizer também que não compreende o que é mercado de trabalho, direito tributário, previdenciário, concorrência etc A opinião do político em questão não faz referência a valores sociais que aprendemos com a família, é uma questão racional. Ele expõe exatamente o que se passa na mente de qualquer empreendedor, quer gostem ou não, a realidade atual é, empregar uma mulher é sim mais caro do empregar um homem e vai ficar ainda mais custoso nos próximos anos, haja vista que o atual governo defende que elas possam faltar ao trabalho quando estiverem em período pré menstrual. (é serio!). Lembrando ainda que o bolsonaro tem grandes chances de vir a ser o próximo presidente do país!

      • Ander Possan disse:

        Eu não descreveria melhor!

      • Ana disse:

        o assunto em questão foi a condição trabalhista da mulher. O dar o “cu” ficou por sua falta de argumentos plausíveis na questão!

      • Belita disse:

        Sim, isso é uma verdade, o mercado é cruel e a realidade é essa, mas o problema é que nesse país existe uma mania estupida de achar que quem tem mais dinheiro tem que bancar quem tem menos!

        • Yuri disse:

          Exato Belita! Quem tem mais dinheiro não tem que bancar quem tem menos! Quem tem menos que trabalhe e corra trás… Já vi tanto pobre subir na vida mas a mentalidade do PT é essa que você falou Belita… O que ele falou é verdade mesmo, quem segura as contas é o empregador e o salário não sendo menor que o mínimo praticado e que o piso da categoria, o dono da empresa paga o quanto quiser.

        • Matheus disse:

          Quem tem mais tem SIM que bancar quem tem menos. Uma das funções do governo é redistribuir renda, imposto é uma ferramenta pra isso, vai lá na França ver quanto as pessoas de renda alta pagam de imposto.
          O problema é que nesse país existe uma mania estupida de se falar sobre o que não entende baseado apenas em visão própia de mundo, tem pobre que sobe na vida mas é exceção e exceção não é estatística!

          • fabio disse:

            Ajudar os incapacitados, tudo bem. Mas trabalhar até tarde e vários finais de semana pra sustentar vagabundo, SOU CONTRA!

            E o que mais tem nesse pais (de norte a sul) é vagabundo que fica procurando meio pra não trabalhar.

          • A VERDADE disse:

            o Bolsomito não diminuiu a mulher, ele só explicou como funciona a cabeça de um empresario que quer ter lucros e tem que perder dinheiro pois o estado alem de obrigar o empresario a pagar a mulher durante um período ausente de não produção ainda por cima o estado não ajuda em nada e o empresario acaba pagando o pato. Culpa do estado, então para não sofrer com um funcionário que tem chance de não produzir por 7 meses , o empresario acaba por decidir não contratar uma mulher.

            A mulher acaba por achar que a sociedade e machista, pq (ela/ele) não tem educação o suficiente para entender fatos econômicos pocha.

            outro fato e pobre ter raiva de empresario só que o empresario já foi pobre, alem de que sem empresa não a trabalho e sem trabalho como o pobre espera vencer na vida ?, fora que quanto mais empresas vendem um produto mais a concorrência aumenta fazendo com que o preço do produto caia significativamente assim o produto fica mais barato ou seja ter empresários num pais e uma verdadeira maravilha ,pois gera emprego e melhor organização de valores.

      • Délio disse:

        Relacione “maconha” , “dar o cu” e “roubar”. Me diga por qual motivo coloca tudo no mesmo argumento?

      • Sandro Oliveira disse:

        E você quer mandar no cu dos outros é???

      • primata disse:

        Muito bom. Bastante esclarecedor. Deu uma aula ao falastrão Anarquismo Sensato acima.

    • cleiton disse:

      De que planeta você veio, caro Henrique???..certamente de um planeta onde a alienação é a ordem do dia, e que desconhece completamente o significa dos termos ditadura e tortura. Não sei qual sua idade, mas se for de uma idade que não presenciou o regime militar, como professor, oriento-lhe a reestudar esse período brasileiro. Se for de uma idade mais avançada, como eu, que viveu esse período, só lamento porque certamente é um desses “bate-pau” de militares que vivendo a nostalgia daqueles tempos de horror. Vá estudar irmão e vê se coloca algum conhecimento válido nessa cabecinha vazia.

    • Luiza disse:

      Concordo plenamente contigo Henrique.

    • Maria do Rosário disse:

      “Pelo visto não tem capacidade de viverem em um país democrático, já que só aceitam as próprias opiniões…” <<< Quem lê a partir desse trecho tem certeza de que está falando dos que concordam com o Bolsonaro, né? Por que será? País democrático é assim: você vai encontrar colunistas e comentários de pessoas que concordam e que não concordam com este ou aquele assunto…

    • Sandro Oliveira disse:

      Pois eu tomara que ele ache sua mulher e filha mereçam ser estupradas!!!!

  2. Fernando Schlindwein disse:

    Não entendi tua última frase: “Hitler poderia exterminar milhares em campos de concentração porque alguns dos executados ali eram homossexuais ou comunistas!”
    Esclareça.

    • David Ayrolla David Ayrolla disse:

      Trata-se de um alerta sobre relativizar um discurso de ódio fundamentando-se no princípio arriscado de que os fins justificam os meios. Grande parte dos que têm apoiado Bolsonaro não concordam com seu extremismo em muitos pontos (como por exemplo, sua homofobia e seu machismo), mas sentem-se na obrigação de defendê-lo como se ele fosse o último bastião contra a “grande ameaça comunista”. Não creio que ele seja nada disto, mas ainda que fosse, isto não o tornaria mais defensável em seus preconceitos.

      A comparação com Hitler, claro, é apenas uma hipérbole para lembrar que muitos defensores do nazismo aceitavam várias das atrocidades por ele perpetradas por motivos diversos. Por exemplo, o de que a Alemanha devia se expandir a qualquer custo (mesmo que isto significasse a morte de milhões). Ou que não havia problemas em matar milhões nos campos de concentração, desde que quem “merecesse” também ali fosse exterminado (judeus, comunistas, homossexuais ou seja lá o que for, dependendo do tipo de preconceito e ódio de quem faz o julgamento).

      De qualquer forma, reconheço que esta frase pode dar margem à várias interpretações errôneas, além de flertar perigosamente com ‘argumentum ad Hitlerum’. Portanto estou retirando este trecho da postagem, entendendo que o restante da mensagem já deixa bem claro meu repúdio ao extremismo do deputado.

      • Geova disse:

        Bom, se partindo desse principio, o mesmo serve pra quem apoia a Dilma. Se ninguem da bola, para atrocidades que o governo dela faz, e a quem sabe “ditadura comunista” aconteça, apoiar só os pontos bons e omitir os pontos ruins é a mesma coisa que o Hitler tambem.

      • cleiton disse:

        Parabéns, caro David….como graduado em filosofia como você, me coloco também na obrigação de continuar alertando nossa sociedade com relação a esse tipo de facismo propalado pelo deputado Jair Bolsonaro….mesmo diante das críticas de alguns falsos moralistas e alienados que defendem essa verborréia camuflada de moralismo.

      • Fabricio disse:

        “Trata-se de um alerta sobre relativizar um discurso de ódio fundamentando-se no princípio arriscado de que os fins justificam os meios”
        Não é isso que as feministas fazem quando defendem o aborto?
        Para não atrapalhar a vida da mulher, determinam a morte da criança inocente.
        Se uma mulher é tão insensível ao ponto de matar o próprio filho, deveria ao menos se esterilizar.

      • Normando Mendonça disse:

        Com todo respeito pela elegância do que está escrito, não tenho tanta certeza de que a comparação a Hitler se resume a uma parábola. A ameaça é concreta e perigosa. Mas o povo é quem sabe e será quem irá decidir os rumos desse parlamento que, no meu entender, está falido.

  3. mcnammara disse:

    Errado… Ninguém está defendendo o Bolsonaro porque é obrigado, mas de livre e espontânea vontade e consciência, isso sim… Pois é o único que até agora não tem sido corruptível como a corja dos petrralhas e seus apoiadores… Minha mãe é empresária do ramo de livraria e sempre me fala dos problemas de contratar mulheres… Pois não só é só a gravidez o problema mas a tpm, cólicas, enxaqueca, escola de filhos, etc
    .. Ela mesma sempre prefere contratar homens, até mesmo na hora da pressão e pegar peso faz total diferença…

    • AJ disse:

      Ele só fala sem respaldo, sem pensar em política. Fala abertamente e com sinceridade. Quando as pessoas são sinceras, vão criar inimigos.
      Quem não tem inimigo é quem é político, que manipula e arquiteta cada frase para extrair benefício próprio, incapaz de integridade, por opção.

      Ninguém precisa e nem deve apoiar cegamente o que o Bolsonaro diz ou pensa, mas todos devem sim apoiar cegamente o direito dele falar abertamente o que pensa.

      Brasil é uma colônia, só tem escravo aqui. Acostumados com trabalho escravo e queimar bruxas no fim de semana.

      • cleiton disse:

        Concordo no que se refere aos politicos em geral, caro AJ…mas um erro não justifica o outro…..falar a verdade, como você diz que o deputado fala, não o dá o direito de ser dono dela e muito menos do destino das pessoas.

    • Daniela disse:

      Então tá na hora de os homens começarem a ser responsáveis tbm pelos filhos que fazem, e não deixar tudo nas costas da mulher.
      Se um filho fica doente, quem é que falta o trabalho pra levar pra hospital, quem é que cuida? Temos que dividir responsabilidades afinal filho não se faz sozinho (a), não é mesmo? Isso só acontece porque vivemos numa sociedade patriarcal e machista que privilegia o homem em tudo!!

    • Monique disse:

      Sua mae tem uma livraria e você cospindo perdigotos? Por quê não experimente ler um pouco? Ler coisa boa, perder um pouco da sua imbecilidade.

    • Raquel disse:

      Meu caro, se sua mãe tem essa postura estupida é pq ela é uma “patroa” negligente. Vou ignorar seus comentarios a respeito de tpm, cólica e enxaqueca pq isso não merece atenção, visto que é completamente sem base que você escreve esse tipo de asneira.
      Vamos então ao “até mesmo na hora da pressão e pegar peso faz total diferença”, eu sou mulher trabalho no ramo offshore. Existem normas que determinam que o funcionário não deve carregar peso excessivo, pois isso é contra a lei e pode causar acidentes ou futuros danos a saude do empregado, então se sua mãe quer burros de carga peça que ela mesma carregue o peso, pois é contra lei obrigar pessoas a carregarem peso sem auxilio de carrinhos ou ferramentas.
      Se a sua mãe dissemina esse tipo de comportamento, acredito que ela ocupa um lugar que não esta a par da capacidade de discernimento dela.
      Antes de escrever qualquer bobagem, informe-se e isso vale para todos que aqui estão apoiando o sujeito supracitado. As mulheres devem sim ter salários iguais, nem melhor e nem pior. Sem nenhum tipo de “vantagem” ou favorecimento.

      • Que o Bolsonaro tenha a opinião dele, tudo bem, afinal ele é um fruto dos ideais alimentados nas dependências obscuras dos quarteis militares, lugares sexistas por excelência, a despeito de hj muita mulher ser militar. Mas o q ele diz não deve ser parâmetro de comportamento para a sociedade, e muito menos para políticas de trabalho. Por mais “sincero” q possa ser, ele faz desses impropérios discurso de palanque – e tem dado certo, afinal ele foi reeleito e colocou ainda seus pupilos, prováveis frutos de estupros sofridos por sua mulher em toda a vida matrimonial.
        A fala dele reflete um problema, a quebra do princípio de isonomia previsto na Constituição, q prega a paridade de direitos e deveres entre homens e mulheres, e se liga ao artigo constitucional de q todos somos iguais perante à lei e ao q veda qlq discriminação em virtude de gênero, cor/etnia, origem, crença, etc. Benefícios como licença-maternidade não podem justificar, sob hipótese nenhuma, diferenciações de tratamento. Afinal, muitas mulheres não engravidam por motivos diversos, e outras trabalham feito burros de carga para sustentar familias inteiras, sem marido pra ajudar.

    • ana disse:

      concordo em parte, com sua mãe. no meu serviço, uma recém contratada, que nem passou no estágio probatório, engravidou. ficaremos sete meses sem funcionário (6 da licença +1 de férias). este é um daqueles casos onde deveriam ser 3 meses de licença

      • Camila disse:

        Ana, o bebe tem que mamar exclusivamente da mãe por 6 meses completos, além de que é o tempo pra a mãe criar relações com o bebe. E eu ainda acho que deveria existir licença paternidade em alguns casos tbm (quando a mãe morre no parto e etc)…

  4. mcnammara disse:

    O que o Bolsonaro fala ele assume, e com propriedade tem todo o direito e razão de fazer, como prova basta conversar com um empresário que como eu que tenho família inteira de comerciantes vemos e sentimos essa realidade nas pele.. Trabalhamos 5 meses para dar impostos ao governo e se pegamos uma grávida com 8 meses de salário em casa, tenho pagar e deixar a vaga aberta pois não pode demitir e pagar 8 meses alguém ocioso como se a culpa fosse minha.. O CONGRESSO NACIONAL É UMA ZONA QUE NÃO REPRESENTA MAIS O POVO.

    • Gustavo Bitencourt disse:

      Só uma curiorsidade: é pequena, média ou grande empresa? Você usa o SIMPLES? Usou alguma linha de crédito do governo pra comprar equipamento, ampliar, contratar mais gente? Já usou algum tipo de incentivo fiscal? Porque todos esses recursos estão aí pra ajudar empresário e não funcionário. Agora, se não quer pagar direito trabalhista, vai ser autônomo, vai fazer outra coisa da vida. A pessoa não tem que abrir mão da própria humanidade só pra te dar lucro.

      • Cecilia disse:

        O problema é que quem deveria pagar a licença maternidade deveria ser o INSS diretamente, da maneira que está prejudica muito o empresário, principalmente o pequeno, que muitas vezes não tem como pagar outro funcionário no lugar. O problema não está nas mulheres trabalhadoras, e sim no governo. Quanto a linhas de crédito pra empresa, se você não sabe, os juros estão altíssimos.

  5. Will disse:

    Tens a liberdade de criar um blog pra postar essa cretinice é porque o governo militar lutou para você ter, pois se deixassem o comunismo assumir em meados da década de 60 a liberdade seria inexistente, pois a esquerda não dá liberdade alguma de pensarem contra eles.

    • Ronaldo disse:

      Queria saber se no governo militar, o mesmo que fechou o Congresso, criou o AI-5, aplicava censura no rádio, imprensa e TV, permitiria a existência de um blog como esse. Você acha que deixaria?

      • L disse:

        O governo militar perseguiu os militantes ativistas que queriam implantar a Ditadura do Ploretariado( vulgo comunista), pessoas que assaltavam bancos, explodiam carros, sequestravam aviões, coisas que hoje em dia considerariamos como criminossos, não acha? Cidaãos trabalhadores, nprmais , honestos, pagadores de impostos, nem mesmo perceberam que viveram numa Ditadura, pois não era como dizem, policiais nas ruas dando na cara das pessoas. Se tiver dúvida pergunta ao seu avô/avó, provavelmente diram que nunca nem perceberam que era uma ditadura, pois viviam vidas normais, nao queriam tomar o poder a força, e viviam muito bem, pois a educação fundamental publica era melhor ate que a particular. POIS BEM, OS MILITARES FIZERAM O PAPEL DELES, protegeram o pais do comunismo. Países que um dia foram comunistas ou influenciados, são, hoje em dia, muito pobres. Cuidado com a ideologia que você defende !

        • M disse:

          Não sentiram a ditadura em que momento?Durante o período em que o governo militar facilitou a vinda de divisas externas e criou o “milagre econômico” ou após,quando foi necessário pagar por ele às custas de uma inflação galopante?

          ps:A China comunista está aí,firme e forte,na posição de segunda maior economia mundial.Negociando muito bem com qualquer país capitalista,socialista,ex-socialista e tudo mais que vier.Descobriu que o importante é o mercado.Que socialista da parte dela.

          • V, disse:

            topico antigo e idiota mas so responder o mais idiota ainda sobre a china , me diga quantos chineses tem trabalhos escravos? igualdade social? que eu saiba eh uma merda

          • Yuri disse:

            A China tem uma qualidade de vida de merda…
            Já os Estados Unidos são altamente capitalistas, os brasileiros inclusive tentam entrar lá até ilegalmente e são 100% capitalistas.
            Se a China é tão boa por qual razão ninguém vai para aquele lixo trabalhar? Só jogador de futebol mesmo que aí recebe bem…

          • André disse:

            Sinta-se à vontade para pensar um Brasil com as leis trabalhistas da China e veja se está de acordo com o que esse mesmo artigo prega.

  6. Robson disse:

    Esse Bolsonaro tem ódio das mulheres, pqp! Toda a vez que ele abre a boca é pra falar mal. Qual é o problema dele?

  7. rafa disse:

    Quero mais que esse fdp do bolsanaro se foda!

  8. joao disse:

    Acho estranho estas pessoas que defendem o radicalismo de Bolsonaro,,são as mesmas que condenam sistemas de governo dito “ditaduras”” como Cuba, Venezuela,, etc… qual é a lógica de avaliação , na cabeça destas pessoas é um mandando sem ouvir o povo não é?? Não sabem o que fazer com a liberdade,, precisam de chicote ??? Bolsonaro, uma pessoa toda fora do contexto,, daqui a pouco vai querer tirar o voto de mulher,, FORA BOLSONARO ,,, nós estamos em um patamar que este tipo de discurso não se enquadra,,!! neoliberal o kct,,, na hora de tirar o 13 salário, tirar as férias, e auxilios e diminuir a aposentadoria por ser improdutivo quero ver ser NEOLIBERAL O KCT…discurso inflamado é bacana p ganhar votos,, a vida real é bem diferente,, seu mac de torcida ,, as dificuldades de uma mulher que trabalha fora, chega em casa vai p 3 turno em casa,, na maioria das vezes é a chefe de casa,, e tem um idiota que prega uma besteira destas !! talvez se a mãe dele decidisse não engravidar por conta de ter o salário diminuido,, até apoiaria !!!

  9. iraq disse:

    É, o Bolsonaro está certo. As mulheres são culpadas por engravidarem…e sozinhas…

  10. jaja disse:

    sem homem não tem mulher gravida, fala pra ele contratar robôs

  11. Friedman disse:

    Não que eu não ache o Bolsonaro boçal nem concorde com suas idéias, mas existem estudos, de viés libertários, que mostram que uma política de obrigar os empresários a pagarem o mesmo para homens e mulheres é prejudicial para as mulheres, pois se contrata menos. Milton Friedman e Ron Paul me vêm à cabeça. É o mesmo caso com o salário mínimo, que alguns são contra porque acreditam ser pior.
    Podemos discutir se estão errados, mas não duvidar de suas intenções.

    • jonas disse:

      Friedman, parabens pelo comentario fundamentado, gosto de ler os comentarios inteligentes e me deleitar na estupidez dos ignorantes, sou formado em Historia, fui socialista por 15 anos, votei e fiz campanha pelo PT, hoje vejo que eles nao fizeram nada do que pregaram, ao contrario acabaram com a base econômica distribuindo o dinheiro entre si. Pelo visto nao teve nenhum anticoxinha pra argumentar o que voce escreveu, pois infelizmente nao passa da realidade, qualquer obrigatoriedade gera negações, esta claro nas palavras do Bolsonaro que ele esta explicitando a realidade mundial, tenho uma pequena empresa que emprega 7 mulheres e um homem, sei extamente que esses beneficios muitas vezes geram dificuldades para a empresa e com uma carga tributaria de quase 100% sobre o salario do funcionario, muitas empresas precisam optar por essas açoes. Nao concordo em pagar menos porque nossas funcionarias sao de ótima qualidade e aceitamos isso com prazer, ate porque acho que as mulheres tem muitos outros adjetivos que superam essas dificuldades, sao mais comprometidas, organizadas, eficientes e tao competente quanto os homens, porem olhando friamente a verdade é essa, num pais liberal, de liberdade e livre concorrência, a capacidade e comprometimento sao decisivas e a obrigatoriedade somente cria ira na população. Democracia é isso, deixar que cada patrao escolha quem quer contratar e acertar o salario com o individuo, nao esta bom para um dos lados, esta ai todos esses empregos de boa qualidade que o PT gerou durante sua gestao e ninguem mais no Brasil precisa trabalhar por menos, pois nunca na historia desse pais se criou tantos empregos de boa qualidade, nunca o salario teve tanto poder de compra, nunca tivemos tanta saude e educacao de qualidade invejada por outros paises, nossa mao de obra de estudantes que saem das faculdades sao disputadas por paises emergentes que ainda nao chegaram ao patamar do Brasil, sendo assim, trabalhar por menos por que?

  12. Adriano disse:

    Só pra lembrar os EMPREGADORES, os futuros consumidores de seus produtos, serão os bebês de hoje.

    • Ana disse:

      Isso, com toda a certeza não deve ser importante. Vamos continuar assim e incentivar as brasileiras a não ter filhos, em alguns anos o resultado será excelente: uma sociedade com muito menos jovens que idosos, que dependerão da previdência (que não terá meio de se manter, pois haverá menos contribuintes) para viverem. A partir daí, todas regras da aposentadoria mudarão e as pessoas terão que trabalhar bem mais para se aposentarem. Olha só, que cenário agradável! Ironias à parte, entendo que a sociedade brasileira está caminhando para isso, é um processo natural no nosso contexto social. O interessante é que, de certa forma, isso leva à ampliação de direitos das mulheres. Em países europeus, onde o envelhecimento da população é uma realidade um tanto quanto problemática, mulheres grávidas/com filhos têm uma série de direitos os quais surgiram para aumentar o índice de natalidade, tornando a manutenção de todo o sistema mais oneroso para os cidadãos. Aí me vem um deputado, uma pessoa que representa seus eleitores e que fala pelos brasileiros (pelo menos em tese e bota tese nisso!), e faz uma declaração dessas! É rir pra não chorar (quem conseguir).

  13. Tiago disse:

    Pra mim esse dilema sempre foi simples de resolver. Ampliação do direito do homem para cuidar das crianças. Que o homem tenha o mesmo tempo de ausência que a mulher ou que haja um tempo conjunto que pode ser repartido entre homem e mulher como o casal desejar.
    Pra que pensar em restrigir direitos ao invés de ampliá-los?

  14. Iuri Fiedoruk disse:

    Engraçado que, ele não estava falando dele mesmo, estava falando hipotéticamente de como pensam os patrões brasileiros. E conheço vários e posso afirmar: ele está 100% correto!
    Ele não estava defendendo que seja assim, leiam com mais atenção antes de publicar “olha o horror que o Bolsanaro falou”, mas colocando o dedo na ferida para explicar PORQUE é assim. Porque os empresários brasileiros pagam menos para as mulheres.

  15. Anonimo disse:

    Faz sentido ter um empregado mulher ser mais caro, porém nao faz sentido regredir ao ponto de pagar menos a mulher.O que faria sentido é, nao o patrão ter prejuizos para sustentar a gravidez de sua empregada, mas sim haver, além de planejamento pré gravidez, um apoio do governo.
    O empregador não tem nada haver com a gravidez de seus empregados, mas pagar menos uma mulher como forma de compensar isso, é ridiculo.

  16. sandro disse:

    Eu sou liberal. Defendo a propriedade privada. Se você tem um comércio que emprega 30 pessoas, eu não posso obrigá-lo a empregar 15 mulheres. A mulher luta muito por direitos iguais, legal, tudo bem. Mas eu tenho pena do empresário no Brasil, porque é uma desgraça você ser patrão no nosso país, com tantos direitos trabalhistas. Entre um homem e uma mulher jovem, o que o empresário pensa? “Poxa, essa mulher tá com aliança no dedo, daqui a pouco engravida, seis meses de licença-maternidade…” Bonito pra c…, pra c…! Quem que vai pagar a conta? mas isso e a extrema verdade se retirar esse abuso do direito as mulheres passam a receber mais se nao me engano o brasil e o unico pais a ter isso

    • Marcia disse:

      Na verdade, a maioria dos países desenvolvidos tem licença maternidade muito maior que a do Brasil. Em países como a Suécia a licença maternidade é de mais de 1 ano, e a licença paternidade de 6 meses.
      Mesmo em países como a França, que a licença paternidade é de apenas 15 dias, a maternidade também é de 1 ano.

  17. Liberal disse:

    Mas tu é um imbecil mesmo… chupeta liberal… Tu é mulher pra reclamar? Seja realista e igualitário, não feminista seu frouxo trouxa…
    Um dia tu cai na real.. ou vira um idiota por completo!!

  18. Sergio disse:

    O Bolsonaro não falou nenhuma mentira, contratar mulheres recém casadas é um risco enorme ao empregador! Essa é a realidade, infelizmente!!

  19. Alex Santos disse:

    Jair não está certo, nem errado… É verdade o que ele disse, mas diferenciar salários também está errado. A solução que vejo é o empregador o INSS pagar a licença maternidade e nesse pequeno período houver uma contratação pelo mesmo período e assim empregador não fica no prejuízo (na teoria claro). Ai sim o empregador pode até pagar menos para esse empregado temporário já que ele vai começar do zero né. Sei lá, é complicado não é tão fácil resolver isso mas com certeza do jeito que está o empregador fica ainda no prejuízo infelizmente. E lembrem são os empregadores que movem a economia, sem eles não há salários.

  20. Alex cristiano disse:

    Gente, desde quando o direito está sendo igual em contratar financeiramente tanto mulheres como homens se o salário fosse R$ 2.000,00 para ambos, justamente por a mulher engravidar vai ter que se ausentar com a licença e aí esse custo dessa ausência está indo para o empregador, faltam políticas que dêem igualdade a todos e para o bolsonaro contratar uma mulher com salário inferior é uma forma de dar economia ao empregador e ao mesmo tempo igualar rendimentos entre homens e mulheres…

  21. vinicius disse:

    A verdade as vezes assusta mais o que o deputado Bolsonaro relatou é a mais pura verdade.

  22. Gabriella F disse:

    Primeiramente, é coisa de gente idiota deduzir que por que é uma mulher ela vai engravidar obrigatoriamente durante a vida dela. Eu não mereço ganhar menos do que um colega só pq nasci mulher. Não pedi pra nascer mulher. E, apesar de mulher, não quero filhos assim como milhares de outras mulheres. É de um estupidez absurda eu, por ser mulher, ganhar menos a vida inteira pq uns retardados, tipo vcs e o Boçalnaro, deduzem q vou engravidar algum dia e q isso irá gerar prejuízo. E outra, quantas vezes na vida uma mulher (que quer ter filhos) engravida? Haverá empregos em q ela passará sem tirar licença maternidade. É justo ela ganhar menos em todos os empregos, mesmo assim? E a mulher q tem q bancar a família? E a criança q ela tem q sustentar quando é separada ou mãe solteira? Isso é um preconceito descarado e eu ainda não descobri como esse babaca ainda não foi preso ou como tem tanta gente doente mental que apoia as merdas q ele diz.

  23. Leandro Costa disse:

    E tem mais. Empresas de grande porte, antes de contratar pergunta, se as mulheres se casaram recentemente, se já é mãe e se deseja ter mais um filho.
    Inúmeras leis protegem a mulher de uma forma que, quando se é Mãe, ela passa inúmeros meses de resguardo * que acho que é merecido* e ausente do trabalho. Algumas de má fé, após certo tempo de casa, engravidam e já acumulam as férias, ficando muitas vezes, 7~~8 meses longe do oficio e recebendo. Eu como estudante de contabilidade afirmo SEM medo. É um rombo para o cofre da empresa, e a produtividade. SIM Nesse aspecto, ele pode ser o mais idiota ou até se expressar de forma chula, burra ou até equivocada, mas a base do pensamento está sim, correta.

  24. tere disse:

    Todas pessoas que sao das forcas armadas, tem este tipo de regime . Imagina este cidadao, sendo presidente da republica.. Socorroooooo!

  25. eduardo disse:

    pegaram 12 segundos de uma entrevista e fizeram uma tese, totalmente fora do contexto do que estava sendo falado, assim é facil criticar e crucificar uma pessoa..

  26. Paula Rabassa disse:

    Hum…gostaria de saber a opinião das mães desses comentaristas que respeitam tanto a condição feminina!
    Licença maternidade é uma conquista da mulher para cuidar do filho que ela não fez sozinha…criar vínculos afetivos com essa criança…para depois de adultos eles virem aqui e achar bonito dizer que a mulher deve ter mais essa barreira a derrubar!!!
    Realmente…emocionante…chegou a me cair lágrimas dos olhos… (de pena das mães, mulheres e filhas de vocês!!!)

  27. Rafael disse:

    só para lançar uma luz diferente sobre o assunto, sem querer pender para lado nenhum: trabalho numa empresa que emprega homens, mulheres e deficientes com salários equivalentes para todos em funções semelhantes. Resultado: dos 197 funcionários, 12 estão afastados para licensa maternidade, 4 afastados por problemas de saúde ,(1 é homem). É quase uma pequena firma parada e ganhando!

  28. Jones disse:

    Isso é fácil de resolver, aumentando a licença paternidade. Afinal, os pais também merecem tempo pra formar laços com o bebe e ajudar a organizar a casa quando chega um novo membro, ao inves disso damos aos novos pais 6 dias de folga, 6 DIAS… pra quem tem filhos sabe que 6 dias não é nada

    • carol disse:

      Concordo, licensa paternidade deveria existir e com isonomia… Ate por que quem ajuda a mulher com o bebê sobretudo a noite quando não tem ngm alem da familia em casa eh o pai…

  29. Vitor disse:

    Bolsonaro está certo. Essas parideiras a primeira coisa que fazem é logo pegar barriga, o empregador não pode ser prejudicado por essa má fé. Ele deve sim pagar menos por esse risco ou vai preferir contratar homens para a função.

    • carol disse:

      Prejudicado em que? O INSS restitui à empresa a totalidade do valor pago a titulo de auxilio natalidade… E mesmo q o empregador conceda a ampliação para os 180 dias paga a totalidade e deduz o valor no imposto de renda… Tenho pena da parideira q colocou você no mundo e da que vai colocar seus filhos.

  30. Maria disse:

    E ainda questionam a necessidade de feminitas em pleno 2015. Esse bosta representa o que há errado no país, um merda de um fascista!

  31. Luiz Henrique disse:

    cade as mulheres que defendem ele? Boa a cara no sol bonitas? Gostam de ganhar menos? Cadê vocês? Hahaha eu já acho graça da merda we esse odiota fala Pq Eh inacreditável…

  32. Sandro disse:

    Em um país em que um simples desentendimento familiar é enquadrado com as duras penas da Lei Maria da Penha, em que um servidor público recém empossado tem que complementar para aposentar-se com o que todos os outros ganham, para que outros que não fazem nada ganhar mais a cada filho, Bolsonaro é mais do que necessário, é urgente. Prefiro um regime de exceção do que este regime de exceções.

  33. everton disse:

    Se eu vc empresário, eu pensaria dessa forma. A empresa é minha, eu emprego quem eu quiser. O que cabe é o governo das descontos de impostos para empresa q tenha uma mulher grávida. Dessa forma, garante o direito da mulher e não pesa o bolso do empresário.

  34. pc disse:

    O que ele falou pode ser desnecessário mas é a real

  35. Fernando disse:

    Esse radicalismo e pouca habilidade com as palavras dele tira qualquer possibilidade de ser Presidente. Ao mesmo ele debate temas polêmicos e isso é bom para que a discussão chegue à sociedade. Mas enquanto alguns tentam sugerir soluções e apontam falhas e pontos positivos no discurso, outros defendem e atacam a pessoa e esquecem do tema, que é sim complexo

  36. Taylan disse:

    O que elaboramos são visões de mundo, perspectivas. Nossas perspectivas são limitadas. Somos o resultado da nossa relação com o espaço no tempo.

    Mesmo as conclusões ou as perspectivas científicas sobre objetos devem ser absorvidas e analisadas com um “olhar de negação”. O que leio são afirmações fáceis e imutáveis acerca de definições e classificações dos objetos. Por exemplo, a classificação de comunismo e de nazismo.

    Se condicionamentos morais interferem intensamente no discurso, então o debate perde os fatores seriedade e relevância.

  37. Bruno Chronnos disse:

    E se fosse sua mãe, sua irmã solteira, sua filha um dia?
    Analisando: Aí a mãe é solteira porque o filho da puta do pai não assume a parte dele na responsabilidade pelo filho e pela gestação.
    E a mulher grávida (que não pode abortar porque é crime) se vê obrigada a ir ao mercado de trabalho pra sustentar a si e ao filho (lê-se a mesma mulher que sofre um preconceito dentro da própria família, criminalizada pela ‘moral e bons costumes’ por ter sido mãe solteira, como se ela gerasse filho sozinha e sendo expulsa de casa por estar grávida), ainda é obrigada a ganhar menos? Quando ela é vítima do preconceito e do próprio abandono causado pelo homem na relação, que também fez o filho e não assumiu?
    Como empresário (que visa lucros sem escrúpulo algum, capetalismo, por assim dizer) até faz sentido. Como ser humano, não. É cruel, é covarde.
    E este não é o tipo de coisa que homem de verdade (que direitista machista diz ser) faz não. Abusar de autoridade e poder afim de promover um ato de covardia por lucro é uma desonra, Bolsonaro. É coisa de moleque, não de um homem!
    Achei que o papel do homem e da ‘família tradicional’ era proteger e cuidar da mulher. E não de criminalizá-la por gerar VIDA! Uma VIDA ignorada pelo playbozinho filhinho de papai (ou filho de parlamentar direitista, religioso, etc.) que não quer nada com nada, não assume porra nenhuma de responsabilidade e que a sociedade passa a mão na cabeça.
    E isso é uma ignorância, falta de estudo. E acima de tudo, covardia. Não é preciso ser um gênio pra entender isso.
    Coisa de Pseudo-macho. Porque daquilo que se inflamam de orgulho pra poder dizer (que é macho, que é homem, que tem honra, que vai proteger a família e todo o mimimi recorrente) não tem ABSOLUTAMENTE NADA!
    É apenas um covarde. E disso, o mundo tá cheio.

  38. carol disse:

    Minha vó ajudou a criar os irmãos trabalhando na roça, depois q casou teve q cuidar das filhas, trabalhando numa tecelagem q deixou ela quase surda, meu avô enquanto vivo tbm trabalhava mas isso nunca isentou ela de assumir tbm responsabilidade pela familia, ate filho ela perdeu Por esconder q estava parindo na tecelagem, apos morte do meu avô ela assumiu sozinha a criação de 4 filhas e não deu mole… Então essa conversa fiada q mulher não pega no pesado não rola… Na minha cidade tem cooperativas de mulheres q constroem casas… Esse cara eh um idiota, queria saber o q seria do futuro do nome desse podre sem uma mulher pra parir as crias dele… Mulher engravida pq a natureza assim o quis… Quantos homens fazem corpo mole no trabalho, aki na empresa tinha três q revezavam registrando o ponto um do outro p n receber falta… Em uma semana trabalhavam dois dias cada um ate serem descobertos… Eh esse tipo de funcionário q esses caras mereciam ter em suas empresas misóginas…

  39. all disse:

    Ele está coberto de razão, cada um paga quanto quiser. Mas os direitos trabalhistas só explicam uma pequena parte do problema. E mulheres, sem filhos, com mesma formaçao/experiência ganham até mais do que os homens.
    Quem tiver paciência de ler:

    http://mises.org/library/differences-don%E2%80%99t-necessarily-equal-discrimination

  40. lfccbr disse:

    Não concordo com bonsonaro sobre o salários diferenciados, mas é verdade q o patrão é prejudicado com a gravidez de suas funcionárias, principalmente pq é ridículo o modo como o governo “reembolsa” o patrão

  41. Vanessa disse:

    Eu não posso ter filhos. Então eu posso receber o mesmo salário que um homem? Que desculpa esfarrapada.

  42. marta disse:

    Na minha opinião mulher já teria que nascer com uma conta milionaria pq a dor de colica que sentimos e mesmo assim temos que ir trabalhar, a mulher sofre muito para parir esses idiotas mau agradecidos que quando é bebê chora e não deixa a mãe dormir e quando cresce só faz raiva e ainda acha que mulher tem que ganhar menos. Se mulher é inferior aos homens pq esses canalhas não vão fazer sesus filhos em uma jumenta bando de vagabundos mau agradecidos que alem do sofrimento que as mulheres passa o sujeito ainda acha que tem o direito de trair ô raça que nem merecia ter nascido.
    olha é mais facil um homem abandonar um filho do que uma mulher

  43. Akemi disse:

    Sério… O Bolsonaro deve achar que as mulheres vão engravidar uma vez por ano… Hahaha! A maioria das brasileiras não querem ter mais que três filhos. E eu faço parte daquelas que não querem ter filhos. Ainda assim, não significa que não quero casar com meu atual namorado. E aí? Vou receber o mesmo salário porque não quero ter filhos ou o salário vai ser menor porque tenho um útero?

  44. Bruna disse:

    Engraçado se ele quer falar que a mulher deve ganhar menos que o homem pq ela tira licença maternidade, então ele deveria apoiar o aumento da pensão alimentícia que as mesmas recebem, pois a porcentagem estipulada pela lei chega ser tão baixa que realmente VC só alimenta seu filho. Mas quem fica com o resto da despesa? Quem paga o estudo, roupa, remédio, plano de saúde, diversão, materiais escolares, … Em fim além dele ser ridículo é burro também, porque se ele tem 2 proficionais onde um é homem e outro é mulher e a mulher se dedica mais ou se esforça mais ou então sabe mais conteúdo que o homem em questão ele esta investindo em quem da menos lucro a empresa. O problema dele deve ser q a mulher ou a ex deve ganhar mais e se sente minimizado como ele faz com as demais. Idiota babaca burro eu não trabalharia p ele nem de por… Nenhuma

  45. Luciano disse:

    CONVOCO TODAS AS MULHERES A COMENTAR AQUI, SÓ TEM COMENTARIOS ABSURDOS, UNS DIZEM: PENSANDO BEM, ELE PODE TER RAZÃO!
    MINHA GEEEEENTE VOCÊS PARECEM TER CÉREBRO DE PASSARINHO!!!!! SE LIGUEM!!!!! O DIREITO A LICENSA MATERNIDADE SEGUE UM PADRÃO INTERNACIONAL, NOS OUTROS PAÍSES É ATÉ MAIOR! A SEGURIDADE SOCIAL DE CADA PAÍS AUXILIA A EMPRESA, NO CASO DO BRASIL O INSS. USEM O RACIOCÍNIO DIREITO, UMA PESSOA VEM DO NADA SEM NEM RACIOCINAR E DIZ QUE O CARA TEM RAZÃO EM PARTE! SE LIGA!
    POR FIM, PARA ADICIONAR, VALE MUITO LEMBRAR QUE É A VALORIZAÇÃO DA VIDA E INCLUSIVE UM INVESTIMENTO NO SER HUMANO.
    ACORDE! VOCÊ AÍ PODE SER ESTÚPIDO E NAO SABER!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    • Yuri disse:

      Realmente a licença maternidade é um direito e também é um direito do empregador pagar a cada funcionário o quanto ele estiver com vontade desde que esse valor não seja inferior ao salário mínimo e ao piso da categoria… O problema de vocês esquerdistas, incluo todos, feministas, homossexuais, socialistas e comunistas, todos os revoltadinhos, querem empurrar seus valores goela abaixo do país inteiro.

    • Adam disse:

      Parceiro, abre uma empresa e contrata maioria mulheres, depois você posta aí sua experiência…
      Independente de ser homem ou mulher, o FUNCIONARIO deve ganhar conforme sua competência e o que ele entrega. Minha experiência coordenando pessoas e que mulheres são muito emotivas, insubordinadas, não gostam de fazer hora extra, reclamam muito de qualquer coisa que as incomodem. Na hora de receber um plr, não entendem porque o homem que sempre fica até tarde, nunca crítica e questiona e tá sempre produzindo quieto e focado ganha mais. E tenta explicar isso! Elas respondem que ninguém é obrigado a se sacrificar pelo trabalho! Então o justo e premiar o funcionário que faz o padrão e o que se sacrifica igualmente? Acho q não.

  46. Belita disse:

    Ele diz a verdade e isso machuca muita gente, empregar um homem sai mais barato e isso não é preconceito isso é um fato, não adianta querer crucificar, a verdade é essa e ponto final, e em nenhum momento é dito que uma mulher é inferior a um homem, mas o fato é que a mulher custa mais caro, e isso é uma realidade, não adianta ficar tapando o sol com a peneira.

    • Márcia disse:

      Essa é a verdade nua e crua, o que Bolsonaro disse é verdade!. Era bancária há 5 anos no Bradesco, casada, seria promovida à supervisão de caixa, num descuido eu engravidei, descobriram una dias antes, tiraram minha promoção e depois da licença maternidade fui demitida. Isso em 1990 quando a licença maternidade era de 4 meses e emendei com minhas férias. E eu era excelente funcionária.

  47. Yuri disse:

    Eu concordo com o Bolsonaro… Quem não concorda é porque é louco, socialista… Meu pai tem uma empresa e realmente, a produção do homem em geral é melhor e ponto, não adianta a mulher negar… E não venham com esse papo que todos somos iguais, e que o importante é a evolução “social”… Querem enfiar goela abaixo da sociedade muitas coisas e valores que não tem pé nem cabeça. Avante Bolsonaro!

    • Patty disse:

      Louco é vc e seu pai por pensarem desta maneira! Eu também tenho empresa e tenho funcionárias mulheres e mães que trabalham superior aos homens, que se ausentam para cuidar dos filhos e são dedicadas e esforçadas! Ninguém pediu para nascer mulher e gerar um filho, aliás quem foi que o gerou? De onde vc veio? Da barriga do seu pai ou sua mãe? A mulher não pode ganhar menos por engravidar, senhores políticos deem igualdade do homem para ausentar e cuidar dos filhos assim como a mulher! País atrasado onde a licença é de apenas 120 dias enquanto nos países desenvolvidos é de um ano, e depois a mulher é desvalorizada! Um homem não tem a capacidade de fazer o que uma mulher faz, trabalhar fora, cuidar de uma casa e filhos!! Feminista? Não! Realista!!

  48. Ivan Carlos disse:

    Sim, o Bolsonaro é um abissal, mas acredito que o ponto que ele levantou não é financeiro, mas sim produtivo.

    Eu sou empresário. Se eu precisasse contratar uma única pessoa, um gerente de projeto sênior, como eu faço para produzir se uma mulher me deixar na mão sob o regime CLT? O impacto no projeto e entrega na substituição de um PMO no meio do trabalho é grande. Pensando em uma massa operária ou em uma pilha de técnicos, é muito fácil trocar uma pessoa pela outra, mas em cargos individuais e que exigem expecialização, não é possível fazer uma transição entre indivíduos sem perdas.

  49. Sir. Edmond disse:

    O problema deste miserável país é o feito de aprendizagem na infância, ensinando crianças a se aproveitar das situações, ” mamar” nas custa de alguém ou alguma coisa. Não precisamos de misérias do governo, o negro não precisa de cota no estudo,ele tem a mesma capacidade do branco, amarelo sei lá,o gay não precisa ser defendido por lei como se fosse uma raça puritana especial, se morre 1000 mil homo. 100000 mil morre heteros,não precisa dar esmola aos necessitados, ( bolsa família, pronatec,fácil financiamento) vamos ensinar pessoas mais sedentas de ser um profissional qualificado, vamos deixar de dar as esmolas e fazer um povo mais digno de seu suor,vamos ensinar que o slogan do Brasil ” o jeitinho brasileiro ” está errado, e sim o jeito certo de se fazer. ja diz o provérbio chinês ” não de o peixe, ensine pescar”.

  50. Jota Cardoso disse:

    Concordo com o Mito. Não que é justo que mulheres ganhem menos que homem, mas que o empregador não deva ter que contratar 50/50%.

  51. Paulista do nordeste disse:

    Ele apenas diz o que todo empresário pensa. Pena o empresário não poder dizer abertamente, se pudesse, quem sabe haveria discussão e comum acordo. Mas enquanto as coisas tiverem que ficar presas na cabeça porque tem gente que não consegue ouvir a verdade sem fazer escândalo, vai ser pior.

    • Huahua disse:

      Esses colunistas de merda querem so distorcer as palavras afim de proteger seus interesses, bando de lixo, ele apenas deu um ponto de vista que se pensarmos é a verdade infelizmente n compensa pagar para contratar a mulher mas tudo isso devido ao imposto exagerado que é cobrado a todos nos tanto empresários quanto funcionários, no caso dos empresários ele tem que ir pelo lado que lhe der melhor retorno, a mulher pode engravidar e ficar afastada por quase 6 meses ai sendo obrigado a contratar outra pessoa e pagar impostos absurdos, já contratando homem ele não engravida e vai ta sempre presente n significa dizer que ele vai ter uma produção melhor mas sim mais tempo, assim sendo vai existir casos que a mulher em 7 meses de trabalho será mais eficiente que o homem, e em outros casos mesmo que os 2 trabalhem os 12 meses o homem seja superior ou n, isso tudo deve ser visto, deve se procurar funcionários capazes e não por sexo( isso que é o difícil).

  52. Matheus disse:

    O que esse povo não entende é que o objetivo do governo não deve ser o desenvolvimento econômico, mas sim o bem estar da população.

    • Adam disse:

      Vc e louco parceiro? Como pretende dividir o bolo sem fazer ele crescer primeiro? Sem crescimento econômico as empresas quebram, pessoas ficam desempregadas em massa, o governo não arrecada impostos, e o país beira ao caos! Menos radicalismo social por favor…

  53. Inge Schloemp disse:

    SE OS EMPREGADORES NÃO QUEREM MULHERES NA IDADE REPRODUTIVA, QUE EMPREGEM MULHERES DE MAIS DE 40 ANOS SEM FILHOS E SEM INTENÇÃO DE TER. ESSE MACHISMO QUE MULHER SOLTEIRA NÃO VALE NADA.
    BOLSONARO FALOU UMA VERDADE OCULTA DO MERCADO. INFELIZMENTE ACREDITO QUE SEJA VERDADE. 50 ANOS E NÃO CONSIGO EMPREGO.

  54. carlos143 disse:

    E se fosse acabar com todos os patrões, pelo visto são todos exploradores mesmo, pense se pode isso, não querer contratar mulher só porque tem risco de ter que pagar um ano em troca de de 5 meses de trabalho, vamos deixar só os funcionários, chega de exploração, os empresários devem ser extintos do país, eles não vão fazer falta nenhuma, BOLSONARO PRESIDENTE..

  55. jonas disse:

    Esse é a qualidade de jornalistas criados nesse Brasil, nao sabem escutar, ler e interpretar, chegamos ao momento que no Brasil so o PT fala, somente a democracia do Lula que vale, a verdadeira ficou pra tras. Esse Sr. Bolsonaro esta somente mostrando a realidade do Brasil, em momento algum disse que concorda que as mulheres devem ganhar menos, mas pegam trechos isolados e colocam na cabeça isolada dos PTralhas, porque sabem que eles nao sabem que 90% é analfabeto 5% iludido e os outros 5% sao comprados. Para o PT o correto é criar milhoes de petrobras que sao cabides de emprego de muitos canalhas (tambem tem gente boa la) e um bando de preguiçosos alienados. HORA DE PRIVATIZAR O BRASIL.

  56. Maria disse:

    Não entendi a justificativa?
    Trabalho há 30 anos, tive duas licenças maternidade, logo fiquei um ano de licença…
    Por causa disto tenho que ganhar menos???
    E os outros 29 anos que trabalhei
    Igual,senão mais que os homens que trabalharam comigo e posso afirmar com muito mais comprometimento?
    E mais fiquei de licença maternidade por causa de filhos que meu MARiDO(homem) e eu fizemos!
    Porque teria que ganhar menos que ele? Que explicação mais sem cabimento!
    Esse Bolsonaro só pode ser ET

  57. Bruno disse:

    Impressionante, os esquerdopatas caem na conversa de sites mediocres como esse sem sequer verificar a fonta.

  58. Suposto Sóciopata disse:

    Se descorda do Bolsonaro não vota nele e pronto porra! tu é viado ou oq?

  59. Joice Regina Lamb disse:

    Ok, vamos então fazer a vontade do Sr. Bolsonaro, só que de uma maneira que não prejudique a mulher por precisar ficar afastada do trabalho… castremos todos os homens, assim as mulheres não engravidarão. Assunto encerrado.

  60. Gabriel disse:

    Só eu entendi que a crítica dele é com relação ao excesso de encargos trabalhistas e que ele apenas relatou um cenário do que realmente acontece por causa disso?

  61. VAVÁ disse:

    BOLSONARO PRESIDENTE , RAQUEL VICE !!!!!!!!

  62. VAVÁ disse:

    BOLSONARO SIMPLESMENTE FALA A REALIDADE DO PAIS ,FALA AQUILO QUE TEMOS VONTADE DE FALAR , CLARO QUE ELE PODE NOS DECEPCIONAR MAS POR ENQUANTO APOIO TOTALMENTE !!!!!!!

  63. dani disse:

    o engraçado é que no meio dessa discussão toda ninguém comentou o fato de só as mulheres gestarem e, como a amiga ali em cima disse, as mulheres não fazem filhos sozinhas. os imbecis que defendem esse bosta do bolsonaro não imaginam e sequer podem imaginar o que é ser uma mulher, em todas as suas particularidades(tpm, gravidez, etc.) e se esquecem de que se não fossem as mulheres, por gestarem uma criança, a humanidade sequer teria continuidade…acho que o bolsonaro não teve mãe, só acho…

  64. Maria Inês Soares de Oliveira disse:

    Um dos grandes indicadores do atraso do povo brasileiro é a manutenção desse indivíduo em cargos eletivos. Não sei se um ser humano pode ser asqueroso a esse ponto ou se ele é tem severa patologia mental. A cada dia consegue superar-se nos absurdos que diz. Ele deve ter nascido como resultado de experiência em algum laboratório. O pior, é que tem seguidores.

  65. mariana disse:

    MANDA ESTE IDIOTA E QUEM PENSA IGUAL MUDAR PRA UM PAÍS MUÇULMANO, LÁ NO ORIENTE MÉDIO. LÁ QUE DEVE VIVER TODOS ESTES RETRÓGRADOS.

  66. Cecilia disse:

    O problema é que quem deveria pagar a licença maternidade deveria ser o INSS diretamente, da maneira que está prejudica muito o empresário, principalmente o pequeno, que muitas vezes não tem como pagar outro funcionário no lugar. O problema não está nas mulheres trabalhadoras, e sim no governo.

  67. Charles disse:

    Liberdade de expressão só serve quando você é a favor da maconha ou movimento LGBT,sabe?

    Quando se diz a verdade,pessoas de mentes vazias lhe dizem que você é radicalista e os caralho…

  68. Claudio disse:

    Bem, eu concordo com algumas opiniões dele e acho ele um grande deputado apesar dessa afirmação, olha para nós parece errado, mas olha o lado do empregador de contratar uma jovem e ficar 6 meses pagando licença maternidade sem ter retorno financeiro nenhum? Infelizmente objetivo de um negocio é fazer dinheiro, salario que paga para funcionário faz falta no final do mês para empresa ainda mais quando não tem retorno nenhum. Grandes e medias empresas ate tudo bem afinal deve ter um bom lucro e pode acatar com o custo adicional sem retorno, mas e pequenas empresas? Além de ficar sem a funcionaria ainda ter que pagar o salario interino e talvez ate contratar outro para substituir ela. Na minha opinião a empresa não devia pagar licença maternidade, a mulher que guarde dinheiro e
    previna-se para o dia de amanha afinal é responsabilidade dela, a vida não é dela? Ela foi estrupada ou preservativo falho para não ter responsabilidade no ato ? NÃO SOU A FAVOR DE MULHERES GANHAREM MENOS QUE OS HOMENS, SOU A FAVOR DA IGUALDADE. E se algumas mulheres não tem responsabilidade de guarda dinheiro para essas horas então sou a favor para uma lei para obrigar tirar parte do salario para guarda ou ela poder sacar o FGTS nesse período. A EMPRESA É RESPONSÁVEL PELO EMPREGADO NAS HORAS DE TRABALHO, JÁ FORA DA EMPRESA E DO HORÁRIO DE TRABALHO, É CADA COM SUA RESPONSABILIDADE E CONSEQUÊNCIAS.

  69. jonas disse:

    vi toda a entrevista me desculpe mas o que o Deputado Jair Messias Bolsonaro disse foi apenas sua opinião não podemos criminaliza-lo por isso… ele não discriminou ninguém… e digo otra ele não é alguém q caiu de paraquedas no meio político esse cara é um do Deputados mais respeitados no Brasil e um dos mais votados com grande apoio do alto escalão do exército brasileiro… com todo o respeito mas se qerem achar alguém para criticar q tal os mensaleiros q estão pedindo isenção no supremo sendo q foram julgados e condenados…

  70. Patrick disse:

    Engraçado; se pararmos para refletir, verificaremos que temos uma mulher em nossas vidas. Pois, nascemos do ventre de uma mulher. Não sou liberal, e defendo os direitos trabalhistas para as mulheres. Se determinada empresa vai quebrar pelo fato da mulher ter direito a férias e licença maternidade, não me incomoda. Chamo isso de incompetência administrativa. Não bajulo capital. Nenhum troglodita irá me convencer que uma mulher trará problemas para uma empresa.

  71. Jonathan disse:

    Analisando o que foi dito e não o interlocutor (pois o Bolsonaro, pelo conjunto da obra, tem vários desvios de comportamento), o que ele fala sobre grávidas tem sentido lógico sim. Tanto que é difícil refutar em argumentos que ele está errado.

  72. marco disse:

    Um texto fora do contexto vira pretesto, o que seria se por lei todas as lojas indústrias fossem obrigadas a ter em seus quadros 30% mulheres? Vou traduzir p vcs primatas, n se pode obrigar um empresário a contratar uma mulher, a empresa é dele e n do governo.

  73. PEDRO disse:

    Sei bem como é isso, trabalho em empresa privada de produção de produtos alimentícios onde 70% são mulheres e 30% que deveria ser homens não querem trabalhar e o que ele disse com relação ao tempo de trabalho com o afastamento maternidade tem fundamento, apenas 5 meses no ano e isso prejudica e muito a produção que refletirá no preço final do produto infelizmente. Precisaria ter um meio termo como por exemplo a demissão a partir do afastamento, assim substituiria essa colaboradora onde não afetaria o headcount da empresa que é levado em consideração.

  74. Fátima disse:

    Solução: manda cortar todos os pênis… não tem que discutir aborto, salario família, homossexualidade e todos esse “problemas ” que afligem tanto essa direita. Ai eles tem tempo para resolver assuntos do país mais importantes!

  75. JULIANA RAMALHO disse:

    Sou mulher, advogada e empresária e seria hipócrita em dizer que a VERDADE NÃO É ESSA. É fato que é prejuízo para o patrão contratar uma mulher sabendo que a mesma pode engravidar a qualquer momento. Quem abre empresa para ter prejuízo? NINGUÉM.
    Hipócritas são aqueles que falam o contrário.

  76. JULIANA RAMALHO disse:

    Em nenhum momento o cara diz o que tá na chamada da reportagem! O comentário dele foi econômico e muito realista.

  77. marco disse:

    Tem gente que acha que ele deveria tem dito: “olha temos que criar politicas sociais para que os empresários s sintam engajados na inclusao das mulheres ao mercado de trabalho, sei que é dificil mas a médio e longo prazo isso deve ser colocado na pauta do congresso”. Cá entre nos o gov. Faz assistencialismo com o dinheiro dos outros. Se ele se preocupasse com a mulheres ele deveria abolir encargos trabalhistas e financeiros durante o afastamento.

  78. Ana Maria disse:

    Abro mão do comentário para fazer apenas dois questionamentos a quem apoia esse senhor ( o qual não se pronuncia o nome, parodiando Riobaldo, em “Grande Sertão: Veredas”): VOCÊS NASCERAM DE CHOCADEIRA?? AS SENHORAS MÃES DE VOCÊS CONCORDAM QUE DEVEM SER TRATADAS COMO CRIMINOSAS POR GERIR, GESTAR E PARIR ???

  79. Davi disse:

    Bolsonaro é liberal mas sempre mamou nas tetas do governo, como militar ou como parlamentar… Assim é fácil ser liberal…

  80. Davi disse:

    Bolsonaro se diz liberal mas sempre mamou nas tetas do governo, como militar ou como parlamentar… Assim é fácil ser liberal…

  81. Jorge Dib disse:

    demente esse Bolsonaro, ele nao foi parido, deve ter sido chocado em algum ninho..

  82. marco disse:

    O mais estranho que mulher n vota em mulher mesmo sendo a maioria da populacao e com mais escolaridade. Será que estas mulheres nasceram de chocadeira também?

  83. Gustavo disse:

    Simples, quem não concorda com ele vota no Jean Willians, depois não reclama da imoralidade que esse país está virando, quando seu filho ver dois viadinhos se beijando na escola e achar que eh normal. Ou faz melhor, vota no Freixo, que defende vagabundos dando mais direitos a eles do que a policial que eh assassinado… Chega de hipocrisia..

  84. Thiago Lara disse:

    Bolsonaro é de fato um energúmeno, não sabe exatamente o que fala nem onde pisa. Nesse caso ele tem razão, não que a mulher deva ficar desempregada, mas sim que o estado tem que se meter no assunto. Se de fato as pessoas trabalhassem por produtividade, essa discussão nem existiria, afinal a mulher faz um bem a nação com o nascimento de uma criança, em um local decente, não é necessário estado pra dizer pro empregador que ele deve ser consciente com isso, afinal quem vai trabalhar e consumir no futuro caso uma mulher não gere a criança?
    Creio que o que falta as pessoas nesta nação, e aí ele tem razão, é de se responsabilizar e não jogar em cima do governo isso e aquilo. Se você não deseja enfrentar um emprego é um direito seu, assim como o patrão de não querer te empregar. O salário mínimo é uma desculpa pra propagar um estado de mediocridade no pobre que não consegue se qualificar devido a péssima condição de ensino que o estado fornece. Ou seja, os políticos pegam o dinheiro do povo, corrompem o sistema(independente de partidos) e depois deixam a conta pro empregador. Aqui no Brasil é lindo ser funcionário público, agora abrir empresa ninguém quer, pensem de forma reflexiva, quem é que mais emprega, os pequenos empresários ou essa política maluca do estado de falta de produtividade?
    Enfim, além das ideologias existe a igualdade de deveres, essa muitos se esquecem.

  85. oliver disse:

    Ele somente expressou a opinião dele sobre o assunto.
    Pensem como dono de uma industria. Você precisa contratar 10 funcionários para a produção.Duvido que contratariam metade homem e metade mulher.

  86. Rafael disse:

    Quem trabalha menos recebe menos, não é óbvio? Injusto é uma pessoa que trabalha tempo integral receber o mesmo salario do que outra pessoa que trabalha apenas metade do tempo! Por causa de uma decisao pessoal de engravidar. Ela tem todo direito mas quem engravidou foi ela e nao o seu empregador. Entao a responsabilidade é da mulher. Ela antes de engravidar tem que ser responsavel e planejar sua vida, pensar se tem condicoes, com seu emprego e salario atual, de engravidar e criar um filho. Mas as pessoas so pensam no direito e nao na responsabilidade! Aí o sustento da irresponsabilidade passa pro empregador? No maximo, se é pra ter ajuda, que seja do governo. Mas porque as pessoas acham que o governo ou a empresa tem obrigacao de ficar ajudando suas decisoes particulares? Eu nao tenho condicoes de criar uma crianca entao nao vou exigir que alguem pague os custos por mim, serei responsavel e nao tomarei uma decisao com a qual nao tenho condicoes de lidar! As pessoas so querem o lado bom, ter filho sem pensar nas consequencias e depois cobram do governo ou do patrao que nao tem nada a ver com suas decisoes particulares!!

    • Marumii disse:

      O problema é que se supõe que -toda- mulher engravide e trabalhe menos, mas isso é uma mentira. Existem mulheres inférteis (seja por operação, seja por motivos naturais). Existem mulheres que só fazem sexo com outras mulheres. Existem mulheres que por qualquer motivo, não fazem sexo algum. Por que essas mulheres em especial tem que receber menos que os homens se vão trabalhar o mesmo tempo?

  87. Renata disse:

    A Constituição é bem clara quando traz em seu texto que todos são iguais perante a lei, então não temos que tratar dos direitos trabalhistas visando apenas as mulheres que gozam da licença maternidade , pois não somos as únicas a gozar dessa prerrogativa, sendo que os casais homossexuais ao adotar um filho também vão usar dos benefícios trazidos pela lei, ou quando um homem for fazer uma entrevista para um novo emprego vai ter que expor além de suas qualificações profissionais a sua opção sexual para o seu novo empregador pensando na produtividade e lucro da empresa.

  88. Thaina disse:

    Que grande diferença fará no cenário das grandes e até mesmo pequenas empresas pagar um salário digno e igual as mulheres, a licença maternidade nunca foi embasamento para justificar preconceito, empresas nunca faliram por contratar mulheres, o que define os lucros de uma empresa é a sua administração, suas estratégias, e isso só é alcançado com profissionais qualificados, que saibam administrar e enfrentar as depressões do mercado, todos estão sujeitos a impedimentos de trabalhos não apenas a mulher, o profissional que tem uma empresa e possui noção de respeito ao próximo arca menos com indenizações, mas eles não respeitam nem os clientes, os consumidores, vão respeitar os seus profissionais??

  89. Marumii disse:

    O mais legal disso tudo é que vivemos numa sociedade que apoia Bolsonaro dizer que patrão pode pagar menos para mulher que engravida, mas faz campanha contra o aborto… Vamos decidir aí, sociedade. É pra ter filho ou não? /Não que a pergunta me afete. Já tive meus dois e estou muito satisfeita com eles. Laqueadura aí vou eu.

  90. Naya disse:

    Vejo aqui aquelas pessoas falando mau do Bolsonaro por razões “bostas” Enquanto coisa muito mais grave acontece, como desvio de bilhões gente morrendo por violência e hospitais ruins. Bolsonaro é ficha limpa, não tem nome envolvido em nenhum esquema de corrupção. Foi 1 dos 2 deputados do PP que não aceitaram propina do mensalão. Tenho orgulho de Jair Bolsonaro. Prefiro gente grosseira que fala a verdade, do que bonzinhos hipócritas (Lula principal exemplo). Viva Bolsonaro.
    Faço campanha de graça para o mito. S2

    • Jorge disse:

      Concordo. É torpe e chega a ser risível em certos momentos. Esquerdopatas são assim. Tentam a todo custo, e sempre com inverdades, manchar a imagem de um sujeito íntegro. Distorcem todas as palavras dele na maior cara de pau deste mundo.

  91. Andre disse:

    Mais um motivo para pagar o mesmo salário, se ela pode engravidar, logo terá mais um para sustentar, independente de ser casada ou não. Está indo contra ela ser casada ? Seria melhor então ser solteira ou lésbica e não ter filhos ? Que contra-senso. E pensar que a Bíblia diz “crescei e reproduzi-vos”, a qual condena o aborto. Não apoio este pensamento, salários diferentes para a mesma função é preconceito Melhor ser franco e dizer que o ideal e a mulher cuidar dos filhos e não trabalhar, mas e aí ele apoia que o homem ganhe dobrado para sustentá-la de fato, uma vez que antes elas não trabalhavam fora, mas os homens ganhavam o suficiente para sustentar toda a casa ?

  92. Di Quintino disse:

    Engraçado é o áudio não bater com o texto.

  93. Jorge disse:

    Mas é torpe demais a ação dessa gente esquerdopata que tenta, a todo custo, e às vezes, de forma pueril, denegrir a imagem do Bolsonaro.

  94. Marcos disse:

    Quando vi apenas 12 segundos de entrevista,todo resto não me interessa…

  95. maria disse:

    o argumento dele tá todo errado: A taxa de natalidade no brasil é de 1,81 filhos por mulher, logo arredondando uma mulher vai tirar duas licenças na vida, isso dá um ano de afastamento em 30 anos de tempo de serviço, sendo que o empregador não terá nenhum ônus pois a licença é paga pela previdência. Esses dois filhos um dia farão parte da população ativa do país, vão trabalhar e consumir. Ter filhos é importante pra manter a economia e é preciso assegurar esse direito. Quanto a ganhar menos pelo ‘risco’ de uma gravidez, é apenas suposição, nem toda mulher terá filhos e não existe garantia que um homem nunca dará prejuízo ao empregador quando por exemplo ele tira um auxilio doença. Onde tem ser humano há riscos e a previdência tá aí pra assegurar que o empregador não sofra por isso. Além de machista e retrógrado esse pensamento não vai melhorar a economia. Logo, as mulheres precisam e merecem ganhar o mesmo salário que um homem na mesma função.

  96. Linda disse:

    Olha… Sou mulher, mas embora, em geral, ache o Bolsonaro um babaca, nesse caso concordo com ele. Cansei de cobrir licença-maternidade de colegas grávidas. Além de trabalhar em dobro por causa delas (e ganhando o mesmo, mesmo) depois que elas voltavam da licença, eu continuava a sofrer as consequências… As mães são muito irresponsáveis. Toda hora têm de se ausentar. Uma hora é porque o filho adoeceu, outra hora é porque tem festinha na escola, outra é porque o filho caiu na escola, outra é porque têm reunião de pais… Todo dia é uma desculpa.
    Hoje tenho minha empresa. Mas não contrato as malandras que só trabalham metade do ano e faltam o tempo todo por causa de cólica, de filhos, de frescura. Basicamente só contrato homens. Trabalham melhor e não ficam fazendo picuinha e fofoquinhas.

  97. Marcos disse:

    Quem é de esquerda apedreja. Quem é de direira endeusa. E as ideias? Não se debatem? Será mesmo que tudo que Bolsonaro defende é absurdo? Será que tudo que ele prega é correto, bom para a sociedade?
    O povo brasileiro não está preocupado com um pais melhor. Preocupam-se apenas em ser contra ou a favor. De direita ou de esquerda.

  98. A VERDADE disse:

    o Bolsonaro não diminuiu a mulher, ele só explicou como funciona a cabeça de um empresario que quer ter lucros e tem que perder dinheiro pois o estado alem de obrigar o empresario a pagar a mulher durante um período ausente de não produção ainda por cima o estado não ajuda em nada e o empresario acaba pagando o pato. Culpa do estado, então para não sofrer com um funcionário que tem chance de não produzir por 7 meses , o empresario acaba por decidir não contratar uma mulher.

    A mulher acaba por achar que a sociedade e machista, pq (ela/ele) não tem educação o suficiente para entender fatos econômicos pocha.

    outro fato e pobre ter raiva de empresario só que o empresario já foi pobre, alem de que sem empresa não a trabalho e sem trabalho como o pobre espera vencer na vida ?, fora que quanto mais empresas vendem um produto mais a concorrência aumenta fazendo com que o preço do produto caia significativamente assim o produto fica mais barato ou seja ter empresários num pais e uma verdadeira maravilha ,pois gera emprego e melhor organização de valores.

  1. 23 de fevereiro de 2015

    […] E aqui no Brasil ainda temos políticos como Bolsonaro que acham que mulheres devem ganhar menos que homens “porque engravidam”… [14] […]

  2. 14 de abril de 2015

    […] a pagar multa por suas declarações públicas de ódio aos homossexuais) também declarou que mulheres devem ganhar menos porque elas podem engravidar. Não tem nada de paraíso nesses padecimentos, minha gente. Ser mãe está longe de ser o melhor […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

PAPO DE PRIMATA precisa ter certeza de que você não é um robô! Por favor, responda à pergunta abaixo: * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>