Adaptações: ORNITORRINCO


O ornitorrinco (Ornithorhynchus anatinus) é um mamífero monotremado natural da Austrália e da Tasmânia, tão diferente dos demais animais da sua classe que quando o primeiro exemplar empalhado foi levado para a Inglaterra, a comunidade científica recusou-se a acreditar que um bicho daqueles pudesse ser real, sendo considerado uma fraude!

Ele possui um conjunto de características bastante curiosas para um mamífero: é ovíparo, possui um focinho semelhante a um bico de pato e é peçonhento. Recentemente, tem sido alvo de notícias por causa de pesquisas que indicam que proteínas encontradas no leite deste animal possuem propriedades antibacterianas.

Um dos símbolos da Austrália, a preservação deste simpático animal felizmente é classificada como pouco preocupante, graças a medidas de conservação, mas alterações ambientais causadas por barragens, irrigações e poluição podem afetar seus números.

Bastante popular por causa da sua aparência ímpar, o ornitorrinco também é importante na cultura dos aborígenes australianos, sendo personagem de vários contos e mitos envolvendo a sua criação. Na cultura ocidental, também é personagem de desenhos e outras obras de humor – como, naturalmente, piadas. Você conhece a do susto do Noé quando viu um ornitorrinco saindo da Arca?


Veja tambÉm...

18 respostas

  1. Legal, David. Só edita essa parte: ” (…) que indicam que proteínas encontradas no leite deste animal possui proteínas com propriedades antibacterianas.”

  2. Edson Alfredo disse:

    Arca de Noé? Outro mito.

  3. Fala do Ornitorrinco amazônico, primo desse aí.

  4. Agora quero ouvir a piada!!

  5. Tassya Bastos disse:

    João Pedro de Melo, lembrei de vc, de uma conversa antiga que tivemos.. olha que bicho incrível!

  6. Bota ovo, da leite, nada, tem veneno. É um multi coisas mesmo haahaha

  7. Adriane!!! Olha essa pag.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

PAPO DE PRIMATA precisa ter certeza de que você não é um robô! Por favor, responda à pergunta abaixo: * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.