Ameba, o micropredador!

O reino microscópico não é exatamente tranquilo, sobretudo porque há um voraz predador capaz de devorar praticamente tudo em que consegue pôr suas mãos. Ou melhor, seus pseudópodes!

As amebas são protistas rizópodes e não têm forma definida. Movem-se através da movimentação do seu fluido interno (o endoplasma), que se projeta em determinada direção. Em seguida, o fluido externo (o ectoplasma) que envolve esta projeção adquire uma consistência gelatinosa e forma um pseudópode (pseudo = falso + podo = pé). Os pseudópodos também tem a função de capturar presas através da fagocitose, o englobamento de partículas sólidas para digestão.

Stentores são protozoários ciliados em forma de corneta, e são capazes de mover-se velozmente através da movimentação conjunta dos seus cílios. Um stentor pode alcançar alguns milímetros de comprimento, sendo portanto um dos maiores organismos unicelulares.

Mas quando um stentor é capturado por uma ameba ávida por nutrientes, podemos perceber que nem sempre tamanho é documento!

Ligue o som e assista uma dramática luta de vida ou morte, onde o stentor tenta escapar do abraço letal da ameba!

 

Veja tambÉm...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

PAPO DE PRIMATA precisa ter certeza de que você não é um robô! Por favor, responda à pergunta abaixo: * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>