Conectado!

Esta imagem pode parecer uma montagem bem feita ou uma situação encenada para um comercial de smartphone, mas é fruto de um divertido e inesperado episódio!

No início de 2014, o fotógrafo holandês Marsel van Oosten fazia uma das excursões fotográficas em que leva turistas para capturar cenas da vida selvagem. Durante uma tarde no Jigokudani Monkey Park, na província de Nagano (Japão), seu grupo estava fotografando macacos-japoneses (Macaca fuscata) aquecendo-se em suas fontes termais, quando um ônibus que transportava turistas de uma estação de esqui próxima fez uma parada por ali. Naturalmente, em poucos minutos vários deles sacaram seus smartphones e tablets para também registrar o momento (principalmente através de selfies, como era de se esperar).

Os macacos-japoneses são bastante relaxados com a presença humana e um dos turistas aproveitou para se aproximar de um deles com seu iPhone, movendo-se cada vez mais para perto do símio conforme o fotografava. Segundo o próprio van Oosten, era como se o homem estivesse oferecendo um presente para o macaco. O que aconteceu em seguida você já deve imaginar: o macaco-japonês subitamente agarrou o smartphone do turista e se afastou para o meio da fonte termal, ficando fora de alcance do homem. O dono do gadget começou a gritar desesperadamente, mas o macaco estava fascinado demais com seu novo brinquedo para notar.

— Os minutos que se seguiram foram francamente hilariantes. — mais tarde contou van Oosten — Macacos já se assemelham a seres humanos de muitas maneiras, mas quando estão segurando um iPhone, as semelhanças são quase assustadoras!

O macaco ainda conseguiu ligar o flash, e quando resolver submergir o aparelho para fazer fotos subaquáticas, o dono do telefone quase desmaiou. Mas o fotógrafo holandês sabia que a cena lhe renderia bons resultados: com sua Nikon D800, deu um zoom no animal através do vapor que saía da água e fez uma série de registros fotográficos.

Esta aqui, nomeada como “Facebook Update“, foi escolhida pelo excelente ângulo em que mostra o macaco olhando diretamente para a tela do gadget, e rendeu ao fotógrafo o primeiro lugar da escolha popular do Wildlife Photographer of the Year, do Natural History Museum (UK).

P.s.: Não temos informações sobre se o turista conseguiu reaver seu iPhone…

Veja tambÉm...

21 respostas

  1. Marcelo Schoubek… Esta parece mais umas daquelas suas histórias de pescad… Ops… fotógrafo. 😛

  2. Triste cena, essa porcaria invadir um lugar tão especial como esse!

  3. Macacos me mordam! Por que o cara não fez um vídeo pra gente ver a cena toda……?????

  4. Mônica Valle disse:

    Diz aí primo primata, agora o Cunha sai?hahahahah

  5. Bruno Machado disse:

    Aí Felipe Dedoni, temos a resposta kkkkkk

  6. Leco Leite disse:

    Onde ele chegaria se o aparelho tivesse bateria infinita!?

  7. Carlos Santos disse:

    O macaco japonês não é um símio 😉

  8. Ismael Santos disse:

    Até os outros primatas gostam de tecnologia :v

  9. Povo, não querendo ser racista.. mas já sendo racista, esse macaco ai é um exemplo de macaco branco parecido com uma pessoa branca,, falar a vdd me lembrou um artista de hollywood, não lembro o nome dele,, mas bem bonito esse macaco, ainda não entendo o pq algumas pessoas se sentem ofendidas…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

PAPO DE PRIMATA precisa ter certeza de que você não é um robô! Por favor, responda à pergunta abaixo: * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>