Uma dica de Sherlock Holmes

Sherlock Holmes, um personagem fictício ensinando um lição bastante real sobre coleta e interpretação de dados!

OBSERVAÇÃO IMPORTANTE: nem sempre é possível obter-se todos os dados necessários à formulação de uma teoria. Naturalmente, diversas teorias que mais tarde acabam sendo comprovadas, começam com reflexões iniciadas por dados incompletos.

Mas se a dica de Holmes não é válida como uma lei, serve como referência: leia, estude, pesquise, experimente e investigue um pouco mais antes de apresentar qualquer ideia. Isso vale sobretudo para aqueles que procuram razões sobrenaturais para explicar fenômenos para os quais não há (ainda) dados para explicá-los racionalmente.

Veja tambÉm...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

PAPO DE PRIMATA precisa ter certeza de que você não é um robô! Por favor, responda à pergunta abaixo: * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>