Panteras: melanina em felinos

Tecnicamente, uma pantera-negra é um indivíduo do gênero “Panthera” que possua uma variante de coloração que, devido a um grande acúmulo de pigmentos de melanina, seja predominantemente negro.

As duas espécies cujas variações são mais comumente chamadas de panteras é o leopardo (Panthera pardus), considerado por muitos como a legítima “pantera-negra”, habitando a África e a Ásia, e a onça-pintada (Panthera onca), também chamada de “jaguar-preto”, presente na América-do-Sul (incluindo aí o Brasil).

Nas onças, a mutação no gene que regula a síntese de melanina é uma característica dominante. Já nos leopardos, o melanismo é causado por um alelo recessivo. Uma onça negra, portanto, pode gerar tanto filhotes melânicos quanto não-melânicos (independentemente da cor do seu par), mas um par de leopardos negros só pode gerar filhotes negros. Da mesma forma, se um leopardo negro cruzar com um não-melânico, o filhote será não-melânico.

Há ainda casos não confirmados de pumas negros, que seriam conhecidos como as “panteras norte-americanas”. E há ainda relatos de tigres-negros, mas, neste caso, provavelmente trata-se do avistamento de animais pseudo-melânicos: felinos com listras tão grossas na pelagem que o fundo mais claro é pouco visível.

Na imagem: um leopardo (à esquerda) e uma onça-pintada, ambos melânicos.

Veja tambÉm...

12 respostas

  1. Osvaldo Neto disse:

    uma duvida, pode existir uma pantera negra “albina”?

  2. Esta e minha onça preta, que também é da Angela!

  3. Ana Cristina disse:

    Lindos ! Um grande espetáculo da vida !

  4. William Macedo disse:

    Após me encantar com os vídeos do canal do youtube não poderia deixar de conferir o site. Parabéns Papo de Primata, excelente conteúdo! São trabalhos como o seu que estimulam o interesse das pessoas pelo conhecimento científico, como foi o meu caso. Gostei muito da série E=mc², continue com o belo trabalho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

PAPO DE PRIMATA precisa ter certeza de que você não é um robô! Por favor, responda à pergunta abaixo: * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>