Verme hidrotermal: uma assustadora criatura microscópica

O que você está vendo nesta imagem não é um monstro criado por CGI para uma produção holywoodiana de horror. É um animal real habitante das profundezas do oceano! Felizmente, tão pequeno que precisamos de um poderoso microscópio eletrônico de varredura para vê-lo com esta riqueza de detalhes.

Trata-se de um verme hidrotermal da espécie Lepidonotopodium piscesae, um carnívoro que se alimenta de bactérias e protozoários e que vive rastejando nas rochas periféricas a fontes hidrotermais que ascendem do assoalho oceânico, expelindo águas ricas em sulfetos. Medindo não mais que 3 cm de comprimento, foi encontrado no Pacífico e descrito pela primeira vez em 1988 pela zoóloga Marian H. Pettibone (1908-2003).

A imagem, capturada por Philippe Crassous em um aparelho FEI Quanta SEM, foi aumentada 525 vezes. O tamanho real da imagem é de 568μm, ou 568/1000 de um milímetro.

Veja tambÉm...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

PAPO DE PRIMATA precisa ter certeza de que você não é um robô! Por favor, responda à pergunta abaixo: * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>