PAPO DE PRIMATA responde: beber água em excesso pode matar?

“- Beber água em excesso pode matar?”
– Caio Gouvea

Sim, pode!

Muito embora a água seja indispensável à vida como nós conhecemos, ela não é exceção à conhecida regra de que “tudo em excesso faz mal”. Água demais pode matar, e não só por afogamento. Ingestão acima dos limites toleráveis para um ser humano pode provocar intoxicação por água, o que causará diversos problemas.

O principal deles se dá pela diminuição da concentração de sal no sangue. Se o nível de sódio no plasma sanguíneo estiver abaixo do mínimo necessário (cerca de 135 milimoles por litro), um quadro de hiponatremia irá ocorrer. Os sintomas iniciais deste transtorno incluem urinação frequente, dores de cabeça, náuseas, vômitos e fadiga. Com a progressão deste estado, o indivíduo poderá apresentar desorientação mental, reflexos diminuídos, estupor, convulsões, falha respiratória e coma.

Este colapso ocorre por que, uma vez que a concentração de sal no sangue encontra-se muito mais baixa que nos demais tecidos, por osmose a água deixará o plasma sanguíneo e entrará nas células, que aumentarão de volume para acomodar o líquido em excesso, podendo se romper se o processo não for interrompido. Mas antes que essa lise celular em massa cause a morte do indivíduo, outros problemas graves irão ocorrer. O principal deles é um edema cerebral, já que a caixa craniana não deixa muito espaço para os neurônios encharcados se expandirem. Esta hipertensão intracraniana poderá provocar hérnias cerebrais (avanço do tecido encefálico para o exterior da caixa craniana) e morte.

A hiponatremia ocorre com mais frequência entre atletas, principalmente ciclistas e maratonistas, que podem calcular mal a quantidade de líquidos necessários a ser ingerida durante as provas e exagerar no consumo de água. Para piorar, os rins diminuem drasticamente a excreção durante exercícios físicos intensos, aumentando o risco do acúmulo de líquidos.

 


Tem alguma pergunta relacionada ao canal PAPO DE PRIMATA, a ciências em geral, ou a qualquer outro assunto? Envie-a! Se não soubermos responder, procuraremos quem saiba!

 http://ask.fm/papodeprimata

Veja tambÉm...

63 respostas

  1. Por isso que eu tomo cerveja B|

  2. E qual é a quatidade certa?

  3. Rúbio Alex disse:

    Ruan Charles,Yuri Martins,André Reis

  4. comer coisas com bastante sal ajuda a amenizar ou resolver totalmente?

    • Na verdade, o tratamento para uma caso de hiponatremia é a administração controlada de sódio, mas deve ser feita por um médico.

      Sem contar que o consumo exagerado de sal causa vários malefícios ao organismo, como a pressão alta.

  5. Clarice Sandi disse:

    A causa-morte em alguns casos de consumo de MDMA (ecstasy) em festas.

  6. Isabella Michelon, miga sua loca, já sabe quem marcar aqui KAKAKKA

  7. Luisa Salles disse:

    Renato Andrade ai pai , o q estavamos falando outro dia e a mamãe não levou a sério

  8. É importante conhecemos nosso próprio corpo para sabermos a quantidade certa. Cada corpo uma quantidade a media existe mas não é cada corpo tem suas especificidades.

  9. Joao Melo disse:

    Verdade! Tudo em excesso faz mal, porém ninguém fala nada da cerveja! Quantos por aí bebem litros e mais litros desta droga e ninguém fala nada??? Faça-me um favor….

  10. Gosto de sempre ficar por dentro desses assuntos, porque tenho somente um rim e água é um assunto interessante.

  11. Yuri Diogo disse:

    Adorei a página de vocês Matheus Ivan

  12. Eita poxa, qual a quantidade máxima recomendada?
    Eu tomo diariamente aproximados 3,5 L. É muito, ou to na média?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

PAPO DE PRIMATA precisa ter certeza de que você não é um robô! Por favor, responda à pergunta abaixo: * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>