PAPO DE PRIMATA responde: quais são os primeiros socorros em casos de queimaduras de águas-vivas?

“- Quais são os primeiros socorros em casos de queimaduras de águas-vivas?”

Queimaduras causadas por contato águas-vivas são alguns dos mais frequentes acidentes com banhistas no litoral brasileiro. Estes belíssimos cnidários nadam ou flutuam ao sabor das correntes e sua aparência plácida pode dar a falsa impressão de serem inofensivos, mas a verdade é que as lesões causadas a quem neles toca são extremamente dolorosas e podem até matar!

Como na maioria dos casos de acidentes, os primeiros socorros a pessoas com queimaduras de águas-vivas são importantíssimos e podem fazer muita diferença no restabelecimento da vítima. Mas não é incomum que a falta de conhecimento sobre os procedimentos adequados faça com que a tentativa de socorro acabe agravando a situação. Como, então, proceder nestes casos?

Fizemos esta pergunta ao mestre em zoologia aplicada e professor de biologia na Unigranrio-RJ Ricardo O’Reilly, especialista em biologia marinha. A resposta passa por entendermos como funciona a ação de defesa dos cnidários.

“Águas-vivas são animais marinhos que possuem em seus tentáculos células urticantes chamados cnidócitos. Quando algum animal toca em seus tentáculos, estas células disparam uma toxina que causa sensações de queimadura e/ou irritação muito grande. Os níveis de gravidade da toxina variam de espécie para espécie, existindo algumas águas-vivas que podem matar um homem em poucos minutos.”, ele explica.

É muito importante observar que mesmo após a vítima se afastar do animal, sua pele ainda encontra-se coberta de cnidócitos, prontos para lançar sua carga tóxica. É por isto que os socorros inadequados podem aumentar ou piorar as lesões.

“Quando um banhista ou mergulhador é ‘queimado’ por uma água-viva, a primeira atitude a ser tomada é colocar vinagre ou a própria água do mar. Mas o mais importante é NUNCA, em nenhum momento, colocar a pessoa embaixo do chuveiro ou derramar água doce nas lesões. Além do contato direto, o choque osmótico produzido pela água doce irá provocar o disparo de outros cnidócitos aderidos a pele e piorar a situação.”

Muito importante também é pedir que o acidentado mantenha a calma. Naturalmente, pode-se remover tentáculos do animal que eventualmente tenham ficado presos na pele (com cuidado para não disparar outros cnidócitos e ferir ainda mais a vítima ou o socorrista). Mas cuidados médicos são indicados.

“Lembre-se que as pessoas possuem tolerâncias variadas a diversas toxinas, que podem gerar reações alérgicas, dependendo do indivíduo.”, continua O’Reilly. “Assim, a vítima deve ser levada para o hospital para observação e tratamento.”

 


Tem alguma pergunta relacionada ao canal PAPO DE PRIMATA, a ciências em geral, ou a qualquer outro assunto? Envie-a! Se não soubermos responder, procuraremos quem saiba!

 http://ask.fm/papodeprimata

Veja tambÉm...

11 respostas

  1. Adria Ellen disse:

    E aquele papo de fazer xixi na queimadura? Kk

    • Então, pode piorar, pois a toxina é liberada quando o cnidócito é ativado, ao manusear, ou até mesmo com mudança de Ph, no caso a urina poderia mudar o ph, até mesmo agua doce, por isso, deve-se lavar com vinagre ou agua do mar mesmo. :)

  2. David, quando vai sair a parte III do tema “as evidências da evolução”?

  3. Lavar com agua do mar, qualquer diferença de ph ou impacto pode liberar mais enzimas que “queimam”(Na verdade age sobre a camada lipoproteica de nossas celulas, derretendo-as, por isso a sensação de ardor! (NÃO DEVE-SE URINAR NO LOCAL DE MANEIRA ALGUMA!).

  4. Guilherme disse:

    Então… mas quais são os primeiros socorros em caso de queimaduras de águas- vivas? Porque levam a um hospital já não são primeiros socorros…

  5. Guilherme disse:

    digo, levaR a um hospital já não são primeiros socorros…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

PAPO DE PRIMATA precisa ter certeza de que você não é um robô! Por favor, responda à pergunta abaixo: * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>