Tiranossauro

Tiranossauro
(Tyrannosaurus rex)

Popularizado no cinema como o maior predador do seu tempo, o tiranossauro era uma máquina de matar que podia chegar a 10 toneladas e medir mais de 12m do focinho à ponta da cauda! Em pé, podia chegar a 4 metros de altura!

Seus hábitos alimentares ainda são alvo de discussão, já que imagina-se que este animal pode ter se alimentado principalmente de carcaças. Porém, a maior parte da comunidade científica descreve o tiranossauro como um hábil predador que podia atingir 40 Km/h em uma caçada. Alguns fósseis dão a crer que o canibalismo também acontecia na espécie.

Sendo um superpredador em sua época, o tiranossauro tinha uma anatomia que deve ter feito jus à sua fama atual de ferocidade e poder. Além da grande velocidade que podia atingir, tinha bulbos e nervos olfatórios enormes (sugerindo que possuía um bom olfato), seus dentes podiam chegar a 30cm de comprimento e sua poderosíssima mandíbula conferia-lhe uma mordida que podia chegar a 6 toneladas de força! Para ter uma noção desta força, basta saber que é 3 vezes a de uma mordida de um atual tubarão branco, 15 vezes a de um leão africano e 3,5 a de um crocodilo-de-água-salgada (os campeões da mordida os terrestres vivos, conforme pudemos conferir neste artigo)!

Ao contrário do que se pensa popularmente, Tiranossauros tinham uma ótima visão. O posicionamento frontal dos olhos conferia-lhe visão binocular (ou, seja, ele tinha boa noção tridimensional). Comparações com as aves e pesquisas feitas com modelos artificiais, que simulam a morfologia e a fisiologia dos globos oculares destes dinossauros, sugerem que sua acuidade visual era bem melhor que a nossa – para ser mais exato, 13 vezes melhor! (O Dr. Alan Grant não teria a menor chance de escapar de ser devorado de um tiranossauro parado a poucos centímetros de si, apenas por ficar imóvel!)

Outra característica marcante destes répteis são seus braços diminutos, que mediam até 1m, sendo pequeníssimos em relação ao resto do corpo. Os ossos destes membros, no entanto, têm grandes áreas para fixação muscular, indicando consideráveis força e rapidez para segurar. Resta saber qual era a sua função, um assunto que divide especialistas. Alguns cogitam que auxiliavam na captura das presas, em conjunto com a mandíbula. Outros imaginam que ajudavam o animal a levantar seu enorme peso quando deitado. O único consenso a que se tem chegado, contudo, é que dificilmente estes membros fossem atrofiados ou inúteis.

Pesquisas feitas nas últimas décadas sugerem que os tiranossauros tinham sangue quente e viviam cerca de 30 anos, chegando à puberdade aos 14. Muitos defendem que estes brutamontes eram pais afetuosos, cuidando de suas crias durante um bom tempo depois de saírem dos seus ovos.

Este magnífico terópode viveu no Período Cretáceo, entre 67 e 65 milhões de anos atrás, na região que hoje é a América do Norte.

Veja tambÉm...

17 respostas

  1. Anderson Nick disse:

    Este é um assunto que me interessa muito mas nunca me aprofundei, tem como passar alguma fonte que indica que eles tinham sangue quente? Sempre fiquei imaginando como um animal desse fazia pra manter o metabolismo funcionando perfeitamente, já que seriam necessárias altas temperaturas o dia todo…

    • Anderson, te recomendo o fasciculo da Salvat chamado: Descobrindo os dinossauros. Perfeito! E o primeiro número é o Tyranossaurus rex. Se quiser ler eu te passo o link dele pra baixar.
      http://www.ikessauro.com/2008/08/descobrindo-o-mundo-dos-dinossauros.html

    • Na verdade,sabemos que um animal é de sangue quente ou frio,de acordo com a atividade dele. Se um animal é muito ativo,ele tem sangue quente. Répteis de hoje em dia possuem sangue frio,precisando ficar ao sol para executar atitvidades básicas. Mas,ps dinossauros são mais aparentados com as aves(que têm sangue quente),do que com os répteis.

    • Anderson Nick disse:

      Cara, eu já tive contato com diversos lagartos (Varanus albigularis, Varanus exanthematicus, Varanus niloticus) que são gigantescos, extremamente ativos e nem por isso são de sangue quente. Não dá pra definir isso pela atividade do animal. Saca? O que eu queria na verdade era ter acesso ao estudo que diz que eles poderiam ter sangue quente, porque isso é uma informação que não tinha visto até agora.

    • Sim. Mas como eu mencionei,os dinossauros são mais parecidos fisicamente com as aves do que com os répteis.

    • Normalmente,quanto maiores são as criaturas,maior a tendência a um sistema interno de regulação térmica. No final dos anos 60,começou uma teoria que os dinossauros,ou pelo menos alguns deles,pudessem ter pelo menos uma forma rudimentar de controle térmico. O fato dos dinossauros ganharem penas muito antes que aspirassem a qualquer possibilidade de voo,é uma evidência. Qual seria o sentido de isolar a pele com uma cobertura de penas,se o calor de fora precisa entrar? Se tem uma fonte de calor interna,as penas impediriam do calor sair,como um cobertor.
      Outro sinal é que os dinossauros tem taxa de crescimento altíssimas. Para crescer rapidamente,é preciso metabolismo rápido. E metabolismo mais rápidos funcionam melhor com controle interno de temperatura.
      Mas,claro. Tudo isso sao teorias. Não se sabe ao certo. Mas pra mim,os dinossauros tinham sangue quente.

  2. Explicando:
    O Tyranosaurus do Jurassic Park,como foi mencionado no post,foi clonado com DNA de dinossauro encontrado num mosquito preso num âmbar. Mas como o DNA estava incompleto,usaram DNA anfíbio para preencher as lacunas. No livro do Michael Crichton,Grant explica que alguns anfíbios só enxergam as coisas que se movem. Então,a explicação pláusivel do T-Rex ser “cego” é essa. Assim,os outros dinossauros do Jurassic Park,também seriam “cegos”. Como sabemos também,o DNA anfíbio fez com que os dinossauros,que a príncipio eram todos fêmeas,começaram a trocar de sexo,porque a natureza é sábia e fez com que onde tivesse mais animais de um só sexo,podem procriar.

  3. Ricardo Matta disse:

    Será que os pulmões deles aguentaria 10 cornetas iguais a dos trem? Será que a 10km daria para ouvir seu grito ou som?
    Pelo tamanho, se ele gritar na cidade. . O pânico seria inevitável kkkk

  4. que ter um elefante do lado pra ter uma idéia melhor do tamanho

  5. Gente quero que saibam que existiu na amazônia brasileira(Acre) um crocodilo chamado Purussauros brasiliensis que media 12,5 m de comprimento. Ele viveu no Mioceno (8 milhões de anos). Possuiu a segunda maior mordida entre os animais perdendo apenas para o Carcharocles megalodon (uma espécie de tubarão). Portanto possuímos um dos maiores predadores que já existiu. Vamos dar valor a isso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

PAPO DE PRIMATA precisa ter certeza de que você não é um robô! Por favor, responda à pergunta abaixo: * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>